24/10/19 13:19
Atualizado em 24/10/19 às 14:59

Obras em Vicente Pires não param. Confira rua por rua

Planejamento das obras para o período de seca foi cumprido com sucesso

Foto: Lúcio Bernardo Jr / Agência Brasília

Mesmo com a chegada das chuvas, as obras de infraestrutura do Setor Habitacional Vicente Pires continuam sendo executadas. No cronograma, estabelecido pela Secretaria de Obras e Infraestrutura do Distrito Federal, os serviços de pavimentação serão reduzidos, em função das chuvas, e a meta é focar nos trabalhos de drenagem, essencial para a colocação do asfalto. Este ano, já foram concluídos 202.810 metros quadrados de pavimentação asfáltica.

Toda a cidade está em obras. Até agosto deste ano, o lote 8 não tinha contrato, por isso nenhuma obra havia sido feita nessas duas importantes avenidas até então. Esse foi o último lote – dos 11 – como foi dividido o trabalho na região – a ser retirado do papel, após muito trabalho dos órgãos de controle do GDF.

O subsecretário de acompanhamento e fiscalização de obras, Sérgio Lemos, destaca que o cronograma de obras estabelecido para a estiagem foi cumprido. “Focamos nossos esforços na conclusão de algumas importantes bacias de detenção para colocar as redes de drenagem em funcionamento. Também conseguimos pavimentar importantes trechos da cidade, como as ruas 3, 4, 5, 6, 7, 8, e 10”, diz.

Foto: Divulgação

Algumas dessas ruas já contam inclusive com quebra-molas e meios-fios. O administrador de Vicente Pires, Daniel de Castro, ressalta que muitos transtornos enfrentados pela população em anos anteriores serão minimizados nesta temporada de chuva.

“As redes de drenagem das ruas 3, 4, 8 e 10 entrarão em funcionamento nos próximos dias. Essa estrutura é responsável por captar boa parte das águas das chuvas. Transtornos haverão, mas, certamente, serão menores”, afirma.

Para o secretário de Obras, Izídio Santos, o resultado até aqui está absolutamente dentro do que foi planejado pelo governo. “Quando assumimos, não prometemos o fim dos transtornos provocados pela chuva, prometemos que íamos começar a fazer as obras desde o início, com as redes de drenagem, para evitar o que vimos frequentemente na cidade, que era colocar o asfalto sem rede e a chuva arrastá-lo na primeira vez”.

Confira o andamento das obras

Foto: Acácio Pinheiro / Agência Brasília

Rua 3 – O trecho que vai da marginal da Estrutural até a Rua 10 está concluído. Obras de drenagem em andamento no trecho que vai da Rua 10 até a EPTG. A previsão é de que os serviços sejam finalizados no fim de outubro.

A administração da cidade vai atuar no local para garantir a trafegabilidade da via durante o período chuvoso. Os serviços de pavimentação asfáltica somente serão realizados em 2020.

Rua 3B – Serviços de drenagem e pavimentação concluídos. Os meios-fios e as calçadas serão finalizados em 2020.

Rua 3C – Serviços de drenagem e pavimentação concluídos. Os meios-fios e as calçadas serão finalizados em 2020.

Rua 4 – Dos 3,1 km de extensão, 2,6 km estão concluídos com drenagem e asfalto. No momento, os serviços se concentram na terraplanagem e pavimentação entre as chácaras 300 e 297. Também estão sendo instalados meios-fios e calçadas na região. Os serviços de pavimentação asfáltica somente serão finalizados em 2020.

Foto: Lúcio Bernardo Jr / Agência Brasília

Rua 4A – Os serviços de drenagem, pavimentação asfáltica, meios-fios e calçadas somente serão realizados em 2020.

Rua 4B – Serviços de drenagem e pavimentação concluídos. Os meios-fios e as calçadas serão finalizados em 2020.

Rua 4C – Obras de drenagem concluídas. Os serviços de pavimentação asfáltica somente serão realizados em 2020.

Rua 5 – Obras de pavimentação em andamento no trecho que vai do Balão do Horácio à Panificadora Bonanza. Parte dos serviços foi executada pelo DER. No restante da via, as obras de drenagem, pavimentação, meios-fios e calçadas serão finalizadas em 2020.

Rua 6 – Serviços de drenagem e pavimentação concluídos. Os meios-fios e as calçadas serão finalizados em 2020.

Rua 7 – Obras de terraplanagem em andamento no trecho situado entre as Ruas 6 e 8. A previsão é de que esses serviços sejam concluídos em 45 dias. Obras de drenagem e pavimentação concluídas nos trechos situados entre as ruas 12 e 8 e das ruas 6 a 4. Os meios-fios e as calçadas serão finalizados em 2020.

Rua 8 – Obras de drenagem em andamento no trecho que vai da chácara 183B à rua 5. A previsão é de que os serviços sejam finalizados no fim de outubro. A Administração Regional vai atuar no local para garantir a trafegabilidade da via durante o período chuvoso. Os serviços de pavimentação asfáltica somente serão realizados em 2020.

Rua 10 – Dos 4,5 km da via, 4,2 km estão concluídos com drenagem e asfalto. No momento, a empresa contratada se concentra na pavimentação dos 300 metros restantes. Também estão sendo instalados meios-fios, calçadas e aberturas de bocas de lobo. A previsão é de que a via seja totalmente concluída no mês de novembro. Parte dos serviços foi executada pelo DER e pela Novacap.

Confira o antes e depois da Rua 10 de Vicente Pires

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Rua 12 – Obras de drenagem e terraplanagem em andamento da Chácara 184/1 à 301. A previsão é de que os serviços nesta localidade sejam finalizados neste ano. A conclusão dos serviços de drenagem e pavimentação na via toda somente em 2020.

Colônia Agrícola Samambaia – O contrato do Lote 2, que contempla a área, será licitado novamente. O projeto está sendo readequado para a realidade do local, uma vez que o projeto original é de 2008. A previsão é de que a licitação seja realizada no primeiro semestre de 2020 e que as obras comecem no segundo semestre.

Lagoas de detenção – Apesar de grandiosas, as lagoas de detenção que fazem parte do sistema de drenagem de águas pluviais do Setor Habitacional Vicente Pires passam despercebidas pela população. Além de contribuir para o fim dos alagamentos, as lagoas de contenção têm a função de deter sedimentos e detritos, transportados pelas chuvas, antes de serem lançados nos córregos e rios da região. O projeto prevê a construção de 22 lagoas (14 estão concluídas) e 85 dissipadores (40 estão finalizados).

Foto: Vinicius de Melo / Agência Brasília

Lote 8 – As ruas 3 e 8 fazem parte deste lote. Até agosto deste ano, o Lote 8 sequer tinha contrato de modo que nenhuma obra havia sido executada nessas duas importantes avenidas do Setor Habitacional Vicente Pires.

Após muito trabalho perante os órgãos de controle, o GDF conseguiu tirar esse lote do papel e as obras, finalmente, começaram.

O contrato firmado com a empresa GAE prevê apenas a execução da drenagem na região. A pavimentação asfáltica depende de licitação para a contratação de nova empresa.

* Com informações da Secretaria de Obras e Infraestrutura do DF

Galeria de Fotos

Obras em Vicente Pires não param. Confira rua por rua