12/11/19 14:56
Atualizado em 12/11/19 às 19:56

Parque Ezechias Heringer a caminho da revitalização

Comunidade do Guará presenciou, nesta terça (12), a entrega da primeira etapa das obras

Seguro, bem-arborizado e com estrutura para proporcionar lazer à comunidade, o parque do Guará, como é conhecido, vai ficar ainda melhor | Fotos: Divulgação / Brasília Ambiental

Toda vez que consegue um tempinho, Stefany Freitas, moradora do Guará I, leva seus filhos Gustavo, de 5 anos, e Izabel, 10 meses, ao Parque Ecológico Ezechias Heringer. Nesta terça-feira (12), ela e muitos outros moradores presenciaram a entrega etapa das obras de melhorias na unidade, administrada pelo Brasília Ambiental (veja mais no vídeo abaixo).

“O parque está lindo e é uma ótima opção de lazer, uma das melhores do Guará, a meu ver, por possuir muito verde”, elogiou Stefany, enquanto, sentada à sombra de uma árvore, amamentava a pequena Izabel e acompanhava Gustavo brincando no novo parquinho infantil.

A revitalização do parque Ezechias Heringer é fruto das ações do GDF Presente. Entre as principais melhorias realizadas nessa etapa, se destacam a revitalização do parquinho, a recuperação do Ponto de Encontro Comunitário (PEC), conserto das duchas, pintura das vagas de estacionamento e meios-fios, instalação de placas de sinalização, pintura e reformas na sede administrativa e nas quadras poliesportivas, substituição das lâmpadas convencionais por equipamentos de LED, construção de calçada e de acessos nas faixas de pedestre.

Ação conjunta

O secretário de Governo, José Humberto, durante a apresentação da primeira etapa concluída das obras: mais qualidade de vida para a população

“O que estamos vendo aqui hoje é o resultado do conjunto de esforços de diversos órgãos”, disse o presidente do Brasília Ambiental, Edson Duarte. “O parque não é do Brasília Ambiental, é da comunidade. Esta unidade é muito importante, pois possui fauna e flora especiais, além de grande potencial para receber pessoas. Esta é apenas a primeira etapa de melhorias. Estaremos sempre aqui dentro do parque.”

Participaram da apresentação da primeira etapa o secretário de Governo, José Humberto Pires; a administradora regional do Guará, Luciane Gomes Quintana, representantes de vários órgãos e lideranças comunitárias da região. A ação nos parques reúne diversos órgãos do governo, como as secretarias de Meio Ambiente (Sema), de Obras e Infraestrutura (SOD) e de Cidades (Secid), Brasília Ambiental, administrações regionais, Novacap, SLU, Caesb, CEB, Funap, Detran, DER e DF Legal.

“Quero agradecer a todos os parceiros que têm participado desde o início dessa força-tarefa, pois na nossa gestão não medimos [o trabalho] pelas dificuldades, mas pelo entusiasmo e alegria de proporcionar mais qualidade de vida à população”, ressaltou o secretário de Governo, José Humberto.

Sítio ecológico

Também conhecido como Parque do Guará, o parque Ezechias Heringer fica na QE 23, Área Especial do Guará II. Recebeu esse nome em homenagem ao pesquisador que identificou diversas espécies de orquídeas em todo o território do Distrito Federal.

A unidade foi criada para garantir a preservação dos ecossistemas remanescentes, promover a recuperação de áreas degradadas com espécies vegetais nativas da região, proporcionar à população condições para a realização de atividades culturais, educativas e de lazer em contato com a natureza e incentivar a pesquisa para possibilitar o repovoamento da área com a fauna do Cerrado.

306,44 hectaresÁrea total do parque

Dentro da área do parque, com um total de 306,44 hectares, passa um trecho do córrego do Guará, a mata ciliar de ambas as margens e áreas adjacentes, onde já foram encontradas 51 espécies arbóreas, 72 de orquídeas e 59 de arbustos e ervas, incluindo exemplares raros e alguns praticamente à beira da extinção.

Assista ao vídeo:

 

* Com informações do Brasília Ambiental