28/11/19 19:29
Atualizado em 28/11/19 às 19:29

Só 13 das 660 escolas que apresentaram chapas não atingiram o quórum

Presença mínima é de 50% de professores e servidores e 10% de pais e estudantes de cada unidade

A comunidade escolar compareceu em peso às unidades escolares para participar do processo eleitoral de escolha de diretores e vice-diretores das unidades escolares da rede pública de ensino do Distrito Federal. Das 551 chapas únicas inscritas 538 foram referendadas. Outras 109 chapas foram vencedoras em unidades escolares que concorreram com mais de uma chapa inscrita.

Em apenas 13 escolas não houve quórum suficiente para a eleição de diretores e vices, o que representa somente 1,9% do total de escolas em que houve pleito. Em 23 unidades escolares não houve chapas inscritas, portanto não foram realizadas eleições. Nessas unidades escolares, a Secretaria de Educação nomeará os gestores e deverão ser realizadas novas eleições em 180 dias.

Caso não haja novamente candidatos ou o quórum não seja atingido (50% de professores e servidores e 10% de pais, mães, responsáveis e estudantes), os gestores indicados permanecerão até o final do mandato.

Os candidatos eleitos assumem as unidades escolares a partir de janeiro de 2020 para um mandato de dois anos, ou seja, até dezembro de 2021. Cerca de 1.560 candidatos, entre diretores e vice-diretores, concorreram no pleito. As votações foram realizadas nesta quarta-feira (27), das 7h30 às 21h na maioria das escolas.

O resultado das eleições já foi divulgado por cada uma das unidades escolares participantes às respectivas comunidades escolares. A rede pública de ensino do Distrito Federal conta com 683 unidades escolares e atende aproximadamente 456 mil estudantes.

Resultado geral

Resultado por CRE:

Brazlândia

Ceilândia

Gama

Guará

Núcle Bandeirante

Paranoá

Planaltina

Plano Piloto

Recanto Emas

Samambaia

Santa Maria

São Sebastião

Sobradinho

Taguatinga

* Com informações da Secretaria de Educação