1/12/19 20:44
Atualizado em 1/12/19 às 20:56

Último ‘bandeirão’ do ano encanta moradores e turistas

Idosos do Varjão, produtores de algodão, marinheiros e muitas crianças: tradicional evento se consolida como uma importante atração recreativa dos fins de semana do DF

Idosos do Varjão se organizaram para acompanhar a última cerimônia de 2019 da Troca da Bandeira e, animados, tiraram fotos com os oficiais da Marinha do Brasil, que organizou o Bandeirão de dezembro, e se emocionaram. “Vários idosas nunca tivera a oportunidade de conhecer a Esplanada dos Ministérios”, disse Eunice Nascimento dos Santos, presidente do Grupo.

Foto: Cláudio Gerber/Secretaria de Turismo

Entre as novidades que marcaram a última edição do ano estão a oficina de robótica que o Sesi ofereceu e a presença da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), que está completando 20 anos. 

Para comemorar, foram distribuídas camisetas de algodão e algodão doce. “Estamos felizes e honrados. Estar aqui, mostrando para a população o trabalho que os agricultores realizam é uma oportunidade incrível. Assim, podemos  mostrar que somos o 2º maior exportador da matéria prima”, ressaltou Júlio Cézar Busato vice-presidente da Abrapa.

“Esse ano,  de muito trabalho, foi extremamente positivo. Conseguimos ressignificar a solenidade da Troca da Bandeira e transformamos ela em um produto turístico. A Secretaria de Turismo agradece os parceiros e o público tão fiel que nos acompanha todo dia 1º”, disse Vanessa Mendonça, secretária de Turismo. “E para 2020, vamos continuar com essa ação, mostrando para o Brasil e o mundo a grandiosidade e beleza da capital”.

A ação ainda contou com a parceria o Sistema Fecomércio. “A Troca da Bandeira representa um importante momento cívico da capital federal. Esse evento tem a cara do Sesc e do Senac porque são entidades que atuam em prol da sociedade, promovendo lazer, cultura, saúde e educação”, destacou Francisco Maia, presidente do Sistema Fecomércio-DF.

Maquete de embarcações
O público também conferiu os painéis com histórias da Marinha do Brasil, maquete da Estação Antártica Brasileira e de embarcações, exposição de veículos e equipamentos militares e um telão para projeção de filmes. “A Cerimônia de Substituição da Bandeira Nacional tem um significado muito especial para a Marinha neste mês de dezembro, pois comemoramos o Dia do Marinheiro. É uma oportunidade de celebrar o Brasil, promovendo sentimentos de civismo e patriotismo”, explicou a capitã de fragata (T) Andrea Delduque, do Comando do 7o Distrito Naval.

O Sesc também levou para a Praça dos Três Poderes o show do Eduardo e Banda após a solenidade da Troca da Bandeira. A população teve acesso à orientação sobre Doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), odontológica e aferição de pressão. 

Foto: Cláudio Gerber/Secretaria de Turismo

Além disso, muita gente treinou o equilíbrio no slackline e se divertiu na cama elástica, pedal kart, críquete, golzinho, pingue-pongue e pebolim. Também foram oferecidas oficinas de desenho e brincadeira retrô, além da pintura de rosto e da biblioteca-volante BiblioSesc. “O Sesc-DF está muito satisfeito com o crescimento do evento da Troca da Bandeira”, pontuou Marco Tulio Chaparro, diretor regional do Sesc no Distrito Federal.

* Com informações da Secretaria de Turismo