3/12/19 13:17
Atualizado em 4/12/19 às 9:37

Medalha do Mérito Buriti homenageia 236 servidores do GDF

Honraria é um reconhecimento ao trabalho de pessoas que contribuíram para melhorar a produtividade ou reduzir gastos públicos

Em revista militar: Ibaneis e Mayara em destaque na cerimônia de condecoração | Foto: Tony Oliveira / Agência Brasília

Como forma de reconhecer o trabalho do funcionalismo para melhorar a produtividade ou reduzir gastos públicos do Distrito Federal, 236 servidores receberam a Medalha do Mérito Buriti de 2019. A solenidade de entrega da condecorações (veja mais no vídeo abaixo) aconteceu no Centro de Convenções Ulysses Guimarães na manhã desta terça-feira (3).

A condecoração é destinada a agraciar agentes públicos e membros da sociedade civil pela dedicação e zelo do desempenho das funções e por relevantes serviços prestados à sociedade e ao Governo do Distrito Federal. Secretários de Estado, diretores de empresas públicas, parlamentares, representantes de instituições, empresários e servidores públicos estavam entre os homenageados.

Nilson Santos era só emoção. Aos 51 anos, ele celebra três décadas dedicadas ao funcionalismo público. Servidor da Secretaria de Esporte e Lazer, ele revela que a honraria foi, por muito tempo, um sonho. “Dez anos atrás eu olhava a lista de agraciados e só tinha o alto escalão. Meu dia chegou. Me sinto muito honrado, é a realização de um sonho”, comemorou.

A notícia da homenagem chegou por uma ligação do chefe de Nilson e ele não conseguiu segurar o choro. Até festa em casa ele fez. “É uma medalha que veio por reconhecimento. Gosto muito de ser servidor, trabalho com muito carinho”, disse.

Ouvidor na Administração da Candangolândia, Amphrísio Romeiro Filho, 49 anos, se diz apaixonado pelo serviço público. “A gente vê desde o início da demanda até a conclusão. São 25 anos dedicados ao Governo do DF. Essa medalha é uma coroação de um trabalho feito com muito amor”, revelou o homem, sob os olhares orgulhosos da esposa.

“Ele sempre foi muito competente e dedicado no que faz. Isso é só um reflexo”, valorizou Jeane Romeiro, auxiliar de biblioteca de 42 anos.

Governador valoriza empenho

O governador Ibaneis Rocha foi condecorado antes de agraciar os demais homenageados. Na fala, o chefe do Executivo ressaltou o apoio dos parlamentares da Câmara Legislativa, da Câmara Federal e do Senado. Ele também agradeceu aos nomes que compõem o governo e dedicou carinho os servidores.

“Gostaria de agradecer todo meu secretariado, que tem se empenhado e dedicado. A grande maioria deles trabalha com o coração e a vontade de escrever seu nome em Brasília. Aos administradores regionais, todos têm procurado se integrar com as suas comunidades, a viver suas comunidades e a trazer os problemas fazendo interlocução com a Câmara Legislativa, Federal e Ministérios”, apontou.

Àqueles que fazem parte do quadro de servidores, Ibaneis Rocha direcionou abraço e carinho. “[Essa homenagem] é feita de coração pelo empenho desse serviço público que é feito de forma qualificada, de forma a atender a comunidade e a cuidar das pessoas em todas as áreas. Obrigado a cada um dos servidores dessa cidade”, disse.

Para o governador, com a união de todos esses fatores, a Medalha do Mérito Buriti pode servir como um símbolo do carinho do GDF para com a população. “Foi um ano em que a população sentiu a presença do estado por meio de todos esses órgãos. Acredito que 2020 será um ano de muitas realizações”, destacou.

Processo de escolha

A Medalha do Mérito Buriti é uma tradição no Distrito Federal. Na década de 1970, foi editado o Decreto nº 1.488, que instituiu a congratulação para servidores com o mínimo de dez anos de efetivo exercício.

Em novembro deste ano, um novo texto publicado no Diário Oficial do DF atualizou o primeiro. A honraria é um insígnia circular em dourado fosco. De um lado, ela tem um espécime de buriti desenhado em alto-relevo brilhoso. Do outro, as palavras Brasília e Distrito Federal.

As indicações para receber a Medalha do Mérito Buriti são exclusivas do governador, do vice-governador, dos Secretários de Estado, das autoridades de hierarquia equivalente e dos integrantes do Conselho da Medalha do Mérito Buriti, que tem papel de analisar os nomes.

Rodeado de profissionais da imprensa, governador fala durante solenidade no centro de convenções | Foto: Paulo H. Carvalho / Agência Brasília

O Conselho é formado pelos secretários de Economia, André Clemente; de Governo, José Humberto; da Casa Civil, Valdetário Monteiro; e da Casa Militar, Alexandre Spíndola de Ataídes; e pelos chefes de gabinete e do cerimonial do governador. Quem bate o martelo é o próprio chefe do Executivo.

A homenagem é destinada a agentes públicos e integrantes da sociedade civil que atendam a critérios definidos por decreto. É preciso que a pessoa tenha desempenhado funções de modo relevante, com dedicação e zelo pelo serviço público, por exemplo.

O condecorado ainda pode ter contribuído com sugestões, planos e projetos para proporcionar aumento de produtividade, melhor racionalização ou maior economia dos gastos públicos sem que isso seja sua função. O último critério, que pode ser cumulativo, é a pessoa ter prestado serviços relevantes ao GDF ou à comunidade, tendo atos de bravura, de desprendimento ou de dedicação além do dever.

Gás para o futuro

Ao caminhar para o fim do primeiro ano de gestão, secretários de Estado estavam entre os homenageados e valorizaram atos e entregas do governo. “É motivo de muita alegria receber esse reconhecimento”, resumiu Ericka Filippelli, secretária da Mulher. Para ela, isso vai servir de combustível para o futuro.

“Chegamos ao governo enfrentando muitas dificuldades e é muito especial ver que estamos chegando ao fim do ano com muitas entregas, ações, avanços. O governador Ibaneis trouxe uma nova forma de gestão, os secretários trabalham em unidade e isso é muito positivo”.

À frente de uma das pastas mais sensíveis, o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, estendeu a homenagem aos servidores de sua pasta. “É uma honra ter o trabalho reconhecido, mas isso representa um conjunto de ações e pessoas capazes de oferecer mudanças. Temos valorosos colegas de trabalho, pessoas muito diferenciadas nas suas especialidades e isso tem mostrado, no decorrer do ano, com a melhora da saúde”.

Para João Pedro Ferraz, que comanda as pastas do Trabalho e de Educação, “a medalha é um incentivo para continuarmos fazendo o trabalhando com afinco”.  A fala foi apoiada pelo titular de Projetos Especiais, Everardo Gueiros. “Desde o início do ano estamos trabalhando duro para melhorar a nossa cidade. O governador Ibaneis tem sido muito exigente e temos visto os frutos aparecerem”, disse.

Essa homenagem é feita de coração pelo empenho desse serviço público que é feito de forma qualificada, de forma a atender a comunidade e a cuidar das pessoas em todas as áreasIbaneis Rocha, governador do DF

Secretário das Cidades, Fernando Leite garantiu que a homenagem é “o maior reconhecimento para agente que tem uma vida dedicada à população do DF”. “O setor da agricultura cumpriu todos os seus compromissos com a população rural. Estamos eu e o secretário de Agricultura recebendo, e estamos muito felizes e gratos”, celebrou Denise Fonseca, presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF).

União por segurança

O Secretário de Segurança, Anderson Torres, os comandantes da Polícia Militar (PMDF) e do Corpo de Bombeiros (CBMDF), e o diretor-geral da Polícia Civil (PCDF) também foram homenageados. Em discurso, o governador destacou o trabalho das forças. “Conseguimos fazer a união dessas categorias, fazer com que elas se aproximassem e que a população do DF sentisse um pouco mais de segurança.”

“É muito importante. Isso valoriza o que temos feito e nos dá força para trabalhar mais e mais”, entende o comandante-geral do CBMDF, Emilson ferreira dos Santos. Da corporação, também foi homenageada a bombeira Marizelli Armelinda Dias, que morreu em serviço em setembro aos 31 anos. Para ele, “pegar alguém do seio da tropa, que doou a sua vida pela comunidade, é de suma importância” e leva reconhecimento a toda a tropa.

Comandante-geral da PMDF, Julian Pontes também valorizou a honraria. “Entendo que essa comenda não é para mim, mas para a instituição. A PMDF, juntamente com os demais órgãos da Segurança Pública, está fazendo um grande esforço operacional para entregar à população a segurança que merecemos”, destacou.

Completando a tríade da Segurança, o diretor-geral Robson Cândido enalteceu a importância do reconhecimento do GDF pelas instituições. “Trabalhamos muito este ano, conseguimos solucionar todos os crimes de grande repercussão. Motiva o reconhecimento do nosso empenho”, valorizou.

Assista ao vídeo:

Galeria de Fotos

Cerimonia de entrega da Medalha do Mérito Buriti