11/12/19 8:58
Atualizado em 11/12/19 às 12:13

Conselho ganha seis novos integrantes

Representantes de diversos setores do ensino terão mandato de quatro anos. Colegiado tem caráter consultivo-normativo de deliberação coletiva 

O secretário de Educação, João Pedro Ferraz, deu posse nesta terça-feira (10/12) a seis membros do Conselho de Educação do Distrito Federal (CEDF), para um mandato de quatro anos. Ferraz ressaltou a importância do colegiado para a melhoria do ensino. 

“A cada dia que passo na pasta, me apaixono mais. Toda conversa é uma nova lição. E cabe a nós transformar essas ideias em políticas públicas, com a celeridade necessária. Tenho esperança de que podemos fazer muito pela educação, único caminho para resolver problemas como desemprego, desigualdade, falta de desenvolvimento”, afirmou o secretário.

O presidente do Conselho, Mário Sérgio Mafra, reconduzido ao cargo, relembrou o trabalho exercido pelo órgão. “A Educação no DF sempre foi pioneira. Fomos a primeira rede do Brasil a implementar o ensino em tempo integral – nas escolas Classe e escolas Parque – ainda nos anos 1960. Atualmente, somos a única unidade da federação que conta com a base nacional curricular comum totalmente normatizada”, afirmou o educador.

Os novos conselheiros representam diversos setores ligados à Educação. As nomeações foram assinadas pelo governador Ibaneis Rocha e publicadas no Diário Oficial do DF de 4 de dezembro de 2019

Entre os empossados, dois foram reconduzidos e os demais tiveram seus mandatos concluídos, exceto Carlos Souza França, representante dos professores de escolas particulares, falecido em outubro de 2019.


Os seis empossados

 Reconduzidos 

  • José Eudes Oliveira Costa: representante de entidade sindical representativa dos Servidores da Carreira Assistência à Educação Pública do Distrito Federal.
  • Mário Sérgio Mafra: membro indicado da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal.

 Novos conselheiros

  • Rodrigo Pereira de Paula: representante de entidade sindical representativa dos professores em estabelecimentos particulares de ensino do Distrito Federal.
  • Clayton Da Silva Braga: representante de entidade sindical representativa das escolas particulares do Distrito Federal, com mandato de quatro anos.
  • José Hélio Torres Laranjeira: membro indicado pela Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal.
  • Wilson Conciani: representante de instituição pública federal de educação tecnológica.

 Conselho de Educação do DF
O Conselho de Educação do Distrito Federal é órgão consultivo-normativo de deliberação coletiva e de assessoramento superior à Secretaria de Estado de Educação. 

A atribuição da entidade é definir normas e diretrizes para o sistema de ensino do Distrito Federal, bem como de orientar, fiscalizar e acompanhar o ensino das redes pública e privada.

O órgão é formado por representantes de diversos setores da Educação, com notório saber e ampla experiência na área, nomeados pelo governador do Distrito Federal. 

No total, são 17 conselheiros, sendo oito indicados pela Secretaria de Educação do DF e nove representantes da comunidade acadêmica e escolar, de entidades representativas e dos profissionais da educação.

* Com informações da Secretaria de Educação