13/12/19 16:51
Atualizado em 13/12/19 às 16:51

Ônibus especiais chegam à EPTG em 1º de janeiro

Os 160 veículos com portas dos dois lados fazem parte da renovação da frota do DF 

A virada do ano começará com uma boa notícia para os usuários do Sistema de Transporte Público Coletivo do DF (STPC). A partir do dia 1º de janeiro de 2020, ônibus com portas dos dois lados passam a operar na Estrada Parque Taguatinga (EPTG) e ocuparão o corredor exclusivo, nos dois sentidos, em tempo integral. A medida colocará em funcionamento as paradas implantadas na EPTG – e que nunca foram utilizadas em sua totalidade.

Ao todo, 160 ônibus com portas dos dois lados vão circular no corredor exclusivo da EPTG. As empresas que farão a operação com os novos coletivos são: Urbi com 46 ônibus, Marechal com 39 e São José com 75 veículos. Além disso, 47 linhas passarão pela via, sendo 24 com destino à Rodoviária do Plano Piloto, 17 para a W3 Sul e 6 farão o trajeto para a W3 Norte. 

No local, também circularão 11 linhas semiexpressas com veículos com porta apenas do lado direito, uma vez que estes ônibus não desembarcam passageiros ao longo da via. 

O secretário de Transporte e Mobilidade, Valter Casimiro, lembra que, em fevereiro deste ano, foi determinado às concessionárias que operam no DF a compra dos ônibus com portas dos dois lados para que as faixas exclusivas da EPTG funcionassem por completo. 

“Nós demos o prazo de um ano e conseguimos fazer com que a operação começasse em 1º de janeiro”, explica. O chefe da pasta também ressalta que, com a medida, o passageiro ganha redução no tempo de viagem e o veículo de passeio não terá o ônibus conflitando nas vias marginais.

Fim da faixa reversa
Com a chegada dos ônibus adequados para o local, a faixa exclusiva reversa acabará. Desde março deste ano, os coletivos utilizavam a faixa exclusiva no sentido invertido nos horários de pico dos dias úteis, no período de 6h às 9h (sentido Taguatinga-Plano Piloto) e das 17h30 às19h45 (sentido Plano Piloto-Taguatinga).

A inversão das faixas foi uma medida emergencial visando a melhoria da vida dos usuários que pegam ônibus na região. Com a inversão, houve uma redução significativa no tempo de viagem dos passageiros, de cerca de 30 minutos.

Atualmente, cerca de 65 mil passageiros circulam pela EPTG em linhas com destino à Rodoviária do Plano Piloto e W3 Sul e Norte. Desse montante, aproximadamente 56 mil usuários – o equivalente a 86% da demanda – serão beneficiados com as linhas que vão operar com portas dos dois lados. Já as linhas semiexpressas transportam cerca de 9 mil passageiros, o equivalente a 13,6%. 

Renovação da frota
A aquisição dos novos coletivos começou este ano. A entrega dos veículos com portas dos dois lados faz parte da renovação da frota prevista na licitação realizada em 2011 pela Semob e não acarreta custos para o Governo.

Mais de 250 novos ônibus foram entregues a população em 2019 e, a previsão, é que até o fim do ano, outros 470 ônibus sejam renovados, totalizando 728 novos coletivos. Em 2020, a renovação deverá somar 2.412 veículos, devendo atingir 100% da frota até o final do governo em 2022.

* Com informações da Semob