20/12/19 11:18
Atualizado em 20/12/19 às 11:18

Campanha orienta sobre o descarte correto do lixo 

Trabalho de conscientização mira o acúmulo de resíduos sólidos na bocas de lobos e galerias pluviais, que provocam inundações

As primeiras chuvas deste final de ano no DF já sinalizaram: se o brasiliense não tiver cuidado, o lixo que ele joga nas ruas poderá retornar à sua porta com as enchentes. 

Diariamente os resíduos sólidos se acumulam nas bocas de lobo e galerias pluviais, dificultando o escoamento da água, no período chuvoso, provocando inundações. 

“O lixo que você joga nas ruas pode virar o seu pior pesadelo”, alerta a mensagem da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF (Adasa) na campanha de utilidade pública que lançará neste sábado (21/12) e que será veiculada em redes sociais, spots de rádio, outdoors e painéis luminosos.

De forma lúdica, a campanha traz o “monstro do lixo”, que se alimenta dos resíduos sólidos descartados indevidamente e retorna contaminando rios, poluindo o solo e disseminando doenças. 

O filme em 3D poderá ser acessado nas redes sociais da Adasa.  Apesar de leve e divertida, o objetivo da mensagem é provocar o cidadão sobre a importância da atitude de cada um na defesa do bem comum.

“O lixo deixa de ser visto como ameaça a partir do momento que for separado adequadamente, for bem acondicionado e destinado para compostagem ou reaproveitamento”, observa o superintendente de Drenagem Urbana da Adasa, Marcos Montenegro.

A duração da campanha será de 10 dias, antecipando-se ao período mais intenso das chuvas.

* Com informações da Adasa