17/2/20 15:10
Atualizado em 17/2/20 às 15:10

Novacap assume obras no aterro sanitário de Samambaia

Os serviços estão sendo realizados por equipes próprias em tempo integral

Técnicos da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) trabalham em regime de urgência no aterro sanitário de Samambaia, onde estão sendo escavadas quatro novas bacias para contenção de chorume. Os serviços estão sendo realizados por equipes próprias em tempo integral e devem ser entregues à população em sessenta dias.
Em um primeiro momento, a Novacap participou apenas com a cessão de retroescavadeiras e caminhões para a escavação das bacias, que eram comandadas pelo Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e a GAE, empresa responsável pela operação do aterro sanitário. Desde a última sexta-feira (14), por determinação da Secretaria de Governo, os serviços passaram à responsabilidade da Companhia, que está fazendo revezamento de equipes com cronograma ininterrupto de 24 horas, para cumprir o prazo de entrega.
As obras irão totalizar 168 mil metros cúbicos de escavação, com investimentos previstos em R$ 1 milhão, e visa conter o excesso de lixo líquido localizado no aterro de Samambaia esse ano, cerca de 50 milhões de litros, em razão do intenso volume de chuvas que atingem o Distrito Federal nesse início de ano.
As novas lagoas de contenção terão capacidade de armazenar, com segurança, cerca de 40 milhões de litros de chorume. Somado às outras oito lagoas, o volume ultrapassa 120 milhões de litros. A medida visa evitar a contaminação do Córrego Melchior, que passa próximo ao local, onde, no período da seca, o lixo será lançado após  passar por tratamento.
*Com informações da Novacap