17/2/20 15:41
Atualizado em 17/2/20 às 16:12

Sejus lança IV Ato contra a Transfobia nesta terça-feira (18)

Evento levará ao Parque da Cidade ações como a revitalização do jardim Marina Garlen, com o plantio de 20 mudas de ipês, e do Espaço Dandara, que terá mesas pintadas com as cores da bandeira trans

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus-DF) promove nesta terça-feira (18) o IV Ato contra a Transfobia – Se plantarmos Respeito, Colheremos Amor. A iniciativa faz parte do calendário de eventos alusivos ao Dia da Visibilidade Trans denominado “15 Dias de Ativismo Trans pela Visibilidade”, sob a coordenação da Subsecretaria de Direitos Humanos e Igualdade Racial da Sejus. A ação tem início às 9h30 e vai até as 12h no Parque da Cidade, na área próxima ao Estacionamento 11.

Entre as atividades previstas está a revitalização do jardim Marina Garlen, com o plantio de 20 mudas de ipês, e do Espaço Dandara, que terá suas mesas pintadas das cores da bandeira trans. Também será prestada uma homenagem especial a Fernanda Benvenutt, militante transexual brasileira dos direitos humanos LGBT morta neste ano, e a Marielle Franco, vereadora carioca executada em 14 de março de 2018.

“O apoio da secretaria a essas iniciativas é uma forma de contribuir para a garantia de direitos desta população“, declarou o titular da Secretaria de Justiça e Cidadania, Gustavo Rocha.

Pacto

A Sejus aderiu, em 2019, ao Pacto Nacional de Enfrentamento à Violência LGBTfóbica. Recentemente a secretaria realizou cerimônia alusiva ao Dia Nacional da Visibilidade Trans, comemorado em 29 de janeiro, com o intuito de ressaltar a importância da diversidade e o respeito ao movimento trans, representado por travestis e transexuais.

Na ocasião foi assinado o Termo de Compromisso com a portaria que normatiza o atendimento à população LBGTI dentro das unidades socioeducativas do DF.

SERVIÇO:

Evento: IV Ato contra a Transfobia
Local: Jardim Marina Garlen – próximo ao estacionamento 11 do Parque da Cidade
Data: 18/2/2020
Horário: das 9h30 às 12h

 

* Com informações da Secretaria de Justiça e Cidadania