21/2/20 15:59
Atualizado em 22/2/20 às 11:08

SOS Criança DF poderá ser acionado durante todo o Carnaval

O serviço funciona em caráter permanente por meio do WhatsApp (99212-7776)

O serviço de emergência criado pela Secretaria de Segurança Pública para ajudar na localização de crianças perdidas ou que estejam sob alguma situação de vulnerabilidade – o SOS Criança DF – poderá ser acionado durante o Carnaval. O serviço funciona em caráter permanente por meio do WhatsApp (99212-7776).

As informações são enviadas pelo aplicativo ao Centro Integrado de Operações de Brasília (CIOB), que faz o encaminhamento mais adequado para que a criança seja localizada e entregue aos responsáveis.

Para ajudar uma criança nesse tipo de situação, basta enviar uma mensagem de texto, foto da criança, vídeo ou áudio para o telefone e se identificar. O usuário deverá mandar, ainda, a localização exata, com pontos de referências, e tentar saber o nome da criança, dos pais ou responsáveis e um número de telefone.

“Ao encontrar uma criança perdida, é importante que as informações sejam enviadas com rapidez para que os órgãos de segurança ajudem a encontrar o responsável. A orientação e o procedimento também valem para pais e responsáveis que queiram encontrar uma criança”, explicou o coordenador do CIOB, delegado Gilberto Maranhão.

Pequenos foliões

É importante que pais ou responsáveis identifiquem os pequenos foliões. A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) deu início na última segunda-feira (17), à Campanha de Identificação Infantil para o Carnaval 2020. A campanha será realizada até o último dia de Carnaval. Foi disponibilizado um link para confecção de um crachá de identificação. O processo é fácil e rápido e pode ser feito em três etapas:

Acesse o link e preencha corretamente os dados. Escolha uma foto e insira no campo indicado. Depois, imprima o arquivo gerado. Para quem não possui impressora, os postos do Na Hora farão a impressão dos crachás.

A corporação fará também a distribuição de pulseiras de identificação infantil em postos montados nos blocos  infantis. A ação é uma parceria da Polícia Militar do Distrito Federal com o Conselho Tutelar, Secretaria de Justiça e SSP/DF.

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública