28/2/20 17:37
Atualizado em 28/2/20 às 17:37

Distribuídos alimentos arrecadados na Corrida de Reis

Das 58 toneladas de itens não perecíveis, foram doadas cerca de 18 toneladas a instituições do Banco de Alimentos

Instituições assistidas pelo Banco de Alimentos da Ceasa foram contempladas, na quinta-feira (27), com a entrega de gêneros alimentícios arrecadados durante a 50ª Corrida de Reis, realizada no fim de janeiro. Para participar da competição, cada pessoa doou 4 kg de alimentos não perecíveis.

Por meio do Programa de Doação Solidária (PDZ), foram arrecadadas 58 toneladas de alimentos; desse total, aproximadamente 18 toneladas tiveram como destino as 65 instituições do Banco de Alimentos. Além disso, algumas famílias e entidades que não se encontravam em período de férias receberam os alimentos ao longo do mês.

Parcerias importantes

“Agradeço pelo belo trabalho realizado, que possibilita que as pessoas em vulnerabilidade alimentar recebam refeições diárias”, destacou a diretora de Segurança Alimentar da Ceasa, Lidiane Pires, que agradeceu também pela parceria com a Secretaria de Esportes pela participação na campanha.

“Saber que não só o abastecimento, mas também o combate à insegurança alimentar fazem parte do papel da Ceasa me enche de orgulho, e ter o apoio do governador Ibaneis Rocha em nossas ações é muito importante e valioso”, lembrou o presidente da Ceasa, Onélio Teles.

Interação e solidariedade

“A Corrida de Reis proporciona a interação entre os participantes e as entidades beneficiadas no DF”, resumiu o subsecretário de Projetos Incentivados e Eventos da Secretaria de Esportes, Célio René. “A união entre o esporte e a responsabilidade social é uma das metas desse grande evento esportivo”.

O programa

O programa Doação Solidária é fruto de uma parceria entre órgãos públicos federais e distritais e empresas privadas. Os parceiros doadores organizam eventos e campanhas durante as quais são arrecadados alimentos não perecíveis que, num segundo momento, são doados para o Banco de Alimentos, que fica responsável pela logística de recebimento, classificação e distribuição para as instituições assistenciais previamente cadastradas.

* Com informações da Ceasa