2/3/20 13:19
Atualizado em 2/3/20 às 13:27

Odontologia do HRT alivia dor de pacientes em UTI

Atendimento minimiza situação e melhora a qualidade de vida de usuários em cuidados paliativos

A falta de tratamento para os pacientes em cuidados paliativos resulta em mais desconforto. A assistência preventiva e os tratamentos minimizam sofrimento e desconfortos. Foto: Divulgação

 

O Hospital Regional de Taguatinga (HRT) conta com uma equipe de cuidados paliativos multiprofissional. A odontologia é um diferencial no suporte aos pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e aos que estão em cuidados paliativos de diversas especialidades, como os da oncologia. Essa assistência promove uma melhor qualidade de vida para as pessoas que enfrentam  doenças que ameaçam a vida.

“Na Unidade de Odontologia as pessoas em cuidados paliativos são atendidas por toda a equipe de profissionais, de diversas especialidades, com ênfase nos atendimentos oncológicos. Estes pacientes são atendidos em todas as suas necessidades dentro das condições gerais de saúde de cada um”, destaca a dentista, Emmanuelle Capellini.   

A melhora da condição bucal e o acompanhamento de profissionais qualificados diminuem as ocorrências de doenças respiratórias entre pacientes de alto risco, principalmente, os pacientes internados em UTI. Esses cuidados asseguram uma boca mais saudável, livre de infecção e dor.

A falta de tratamento para os pacientes em cuidados paliativos resulta em mais desconforto, comprometendo ainda mais a qualidade de vida desses doentes. A assistência preventiva e os tratamentos minimizam sofrimento e desconfortos.   

A dona de casa Adair Santos, 66 anos, iniciou os cuidados odontológicos no HRT em outubro de 2019. Adair faz tratamento oncológico e foi encaminhada para o atendimento odontológico para ter condições de continuar o tratamento quimioterápico. Antes de ser atendida, a dona de casa sofria com dores e alteração no paladar. Com isso, não conseguia nem se alimentar direito, o que a deixava ainda mais debilitada.    

“Eu estava muito fraca, tudo doía, eu já nem conseguia conversar ou escovar os dentes. Quando soube que teria um atendimento odontológico, com direito a laserterapia, eu me emocionei. Antes eu nem sabia que existia esse tipo de assistência. O atendimento aqui é de excelência”, disse Adair.

Cuidados

Para as pessoas que fazem quimioterapia ou radioterapia na Unidade de Oncologia do HRT, a equipe oferece uma preparação para receber o tratamento, prevenindo lesões e auxiliando na diminuição das dores. A equipe também realiza a laserterapia para minimizar os efeitos dos quimioterápicos, como os processos inflamatórios que ocorrem na mucosa, e que trazem muito desconforto.

“É preciso ter a visão do paciente como um todo, de forma integral. As pessoas chegam com dores e somos inseridos nesses cuidados, minimizando a dor e o sofrimento”, ressalta a dentista, Aline Mirian do Nascimento.

A assistência conta com o apoio de residentes do Programa de Residência Multiprofissional em Terapia Intensiva na área de Odontologia. Os futuros profissionais ganham conhecimento para a profissão e lições para a vida.

Cuidados bucais

“No cuidado paliativo é gratificante visualizarmos a pessoa aliviada com o tratamento que vem recebendo. Ao conseguir aliviar os sintomas eu me sinto realizada”, afirmou a residente Thais Oliveira.

Além de diagnosticar e tratar as alterações bucais, a equipe também orienta sobre o correto manejo dos cuidados bucais básicos diários para a equipe multiprofissional, e promove a conscientização da saúde bucal para os pacientes, familiares e cuidadores.