9/3/20 15:59
Atualizado em 9/3/20 às 16:01

Troca da Bandeira celebra o Dia Internacional da Mulher

Realizado pela Força Aérea em parceria com Setur, Sesc e Senac, evento também fez parte das comemorações do 60º ano de Brasília

Brasília, 08.03.2020//Cerimônia da troca da bandeira na Praça dos Três Poderes. Foto Luís Tajes/Setur-DF
Foto: Luís Tajes / Setur

O domingo (8) foi de patriotismo e diversão na Praça dos Três Poderes, que recebeu a terceira cerimônia da Troca da Bandeira do ano. Dessa vez, a Força Aérea Brasileira (FAB) foi a responsável pelo evento, em parceria com Secretaria de Turismo (Setur), Sesc, Senac e Fecomércio. Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, houve atrações especiais, como a apresentação da banda Samba Delas a campanha Saúde da Mulher, promovida pelo Sesc.

Outras atrações foram a tradicional salva de 21 tiros, o desfile cívico-militar e a banda da FAB, que executou os hinos Nacional e da Bandeira. O público também pôde conferir um simulador de voo e a exposição de veículos e equipamentos militares.

Turismo cívico

“O evento foi especial para a Força Aérea Brasileira, porque em março nós celebramos o Dia do Especialista da Aeronáutica”, lembrou o brigadeiro Vincent Dang, da FAB. “Esta cooperação entre a FAB e o GDF tem enriquecido a solenidade e trazido mais público. Queremos manter essa rica e próspera parceria.”

A secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, também falou sobre o alcance do evento. “Essa é uma atração exclusiva da nossa capital federal”, declarou. “O ano do aniversário de seis décadas de Brasília é muito especial, e o sucesso de hoje [domingo] confirma a expectativa que tínhamos de transformar a Troca da Bandeira em um momento cívico marcante para toda a nossa população. Convoco todos os turistas, brasileiros e estrangeiros, a virem participar dessa experiência única conosco”.

A Setur DF selecionou artesãos cadastrados no GDF para expor e vender seus produtos durante toda a manhã. “É uma das iniciativas mais bonitas que eu já vi aqui no DF”, disse a artesã Denise Azevedo, que expôs durante a Troca da Bandeira pela primeira vez. “A importância que a Setur vem dando para os artesãos é muito bem-vinda, porque nós não temos muito espaço para apresentar nosso trabalho. Para muitas famílias, isso é o ganha-pão, é o nosso sustento”.

Atrações diversificadas

O diretor do Sencad-DF, Antônio Tadeu Perón, reforçou a importância da parceria que compôs a solenidade. “Este evento se consolida com uma nova roupagem dada a cada mês”, destacou. “O Senac trouxe inúmeras atividades inéditas, e a gente percebe a receptividade da população, todo o carinho. Criou-se um dia para se visitar Brasília no final de semana, e isso é muito importante para a cidade”.

Para as crianças, não faltaram atividades, como tênis de mesa, pebolim, kart e cama elástica, e ainda ações sociais, como orientação odontológica e distribuição de escovas de dentes. “Além da cerimônia em si, ter essas ações para a comunidade é muito legal, tudo se transforma num domingo diferente que a gente pode passar em família”, elogiou a funcionária pública Karina Hoffman, que mora em Florianópolis (SC) e visita Brasília.

Outras novidades dessa edição foram a presença de representantes dos motoclubes convidados pelo Brasília Capital Moto Week e a exposição de carros antigos, que fizeram a alegria de crianças e adultos. “Eu sou apaixonado por carros e motos; sempre que tem esse tipo de encontro, levo meus filhos, que já dividem o mesmo gosto”, contou o gerente de comércio Denison Gomes.

O secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Mctic), Julio Semeghini, também esteve presente. “Este é um símbolo muito forte para o nosso país, para a nossa democracia”, ressaltou. “É muito bonito ver essa integração e ver a Setur transformar o turismo cívico. O povo vem cada vez mais participando e reconhecendo o significado da solenidade”. O Mctic levou ao evento o projeto POP Ciência, que conta com materiais lúdicos para divulgação de atividades científicas.

* Com informações da Setur