3/4/20 13:49
Atualizado em 5/4/20 às 13:49

Imediações do Clube de Golfe recebem limpeza com remoção de entulhos

Mesmo com ações quinzenais, são recolhidas cerca de 800 toneladas a cada demanda

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) trabalha na remoção de entulhos na área de descarte irregular nas imediações do Clube de Golfe de Brasília. A ação recolhe cerca de 800 toneladas no local a cada demanda atendida quinzenalmente.

“São três e até mesmo quatro dias de trabalho para remoção de entulhos nessa área. Utilizamos quatro caminhões na ação e cada um faz três viagens por dia”, explicou o chefe do Núcleo de Limpeza de Brasília, Valdemir Inácio Ataíde.

Além dos caminhões, o SLU conta com uma pá mecânica para retirar os diversos resíduos descartados irregularmente no local como pneus, restos de construção, galhadas, móveis e até eletrodomésticos que por lá são despejados. Esses resíduos poderiam ser descartados nos Papa Entulhos de forma totalmente gratuita. Já são 10 equipamentos espalhados no DF e um encontra-se próximo ao local, na Avenida L4 Sul.

Pontos de descarte irregular como esse são mapeados pelo SLU e recebem remoção mecanizada seguindo um cronograma. O cidadão pode ajudar a manter a cidade limpa denunciando quem joga lixo e entulhos em área pública pelo telefone 162 ou até mesmo com imagens de flagrantes no site da Ouvidoria Geral no www.ouvidoria.df.gov.br.

Transporte de entulho monitorado

Para restos de construção civil de grandes obras, que demandam contratação de contêiner, o cidadão deverá dar preferência as empresas de transporte de entulhos cadastradas no Sistema de Gestão de Resíduos, no site do SLU.

Essas empresas são monitoradas através do Controle de Transporte de Resíduos (CTR) e, a cada demanda, esse documento é gerado informando o local da instalação do contêiner e o seu tempo de permanência. Dessa forma, o descarte final dessa demanda é acompanhado até a Unidade de Recebimento de Entulhos (URE):  único local público autorizado para receber esse tipo de resíduo.

Somente na URE esse transportador poderá dar baixa na CTR. Caso isso não aconteça, fica sinalizado para os órgãos de fiscalização e para o SLU que o descarte aconteceu em outra área deixando claro que houve um crime ambiental, pois a demanda pode ter sido despejada em alguma área não autorizada. . A empresa, portanto, poderá sofrer consequências como notificações, multas e até mesmo apreensão do veículo.

* Com informações do SLU