14/4/20 17:26
Atualizado em 14/4/20 às 17:26

Farmácia Viva oferece fitoterápico contra gripes e resfriados

Chá medicinal de guaco será voltado, prioritariamente, a pacientes diabéticos

As folhas do guaco são a base do chá medicinal, que, diferentemente do xarope, não leva açúcar na fórmula | Foto: Divulgação / SES

Conhecido por ser um excelente expectorante natural e utilizado no tratamento de gripes e resfriados, o chá medicinal de guaco (Mikania laevigata) é oferecido gratuitamente pela Farmácia Viva. Antes adquirido por demanda, a partir de agora o produto poderá ser encontrado com mais facilidade.

“A prioridade até então era para 20 UBSs [unidades básicas de saúde] cadastradas, mas agora, durante a pandemia do coronavírus, resolvemos ampliar essa oportunidade para todas as farmácias das unidades básicas de saúde interessadas”, informou o chefe do Núcleo da Farmácia Viva, Nilton Netto.

Público-alvo

De acordo com o gestor, o remédio natural será voltado, prioritariamente, aos usuários que não podem usar o xarope de guaco oferecido pela Secretaria de Saúde (SES), pelo fato de o produto possuir açúcar na sua formulação.

“Estamos orientando as UBSs que atendam primeiro ao público diabético, que não pode fazer uso de açúcar”, explica Nilton Netto. “Eles devem ser os principais beneficiados, porque também estão no grupo de risco para a Covid-19.”

Até o momento, representantes de oito UBSs já buscaram o fitoterápico na Farmácia Viva, localizada no mesmo terreno do Instituto de Saúde Mental (ISM), no Riacho Fundo (telefone: 9552-0094). Foram fornecidos 167 pacotes, o que equivale a cinco quilos de folhas secas processadas.

Produção

O chá medicinal de guaco é o fitoterápico processado há mais tempo pela SES, sendo distribuído pela Farmácia Viva desde 1990. “Ao longo desses anos, fomos produzindo outros fitoterápicos, mas esse foi um que sempre era lembrado aqui na Farmácia Viva”, destaca Nilton Netto.

O chá é produzido a partir de folhas secas cultivadas, selecionadas e embaladas em pacotes de 30 gramas. Dessa forma, é possível fazer a infusão do produto em água quente.

“Além de ser expectorante e tratar gripes e resfriados,  o chá também hidrata as mucosas e o sistema respiratório do paciente, que vai estar ingerindo o fitoterápico com água”, orienta o gestor.

A planta medicinal também pode ser utilizada para tratar tosse, rouquidão, infecções na garganta, bronquite, alergias e infecções na pele. Além disso, é usada popularmente para o tratamento de reumatismo.

* Com informações da SES