14/4/20 12:01
Atualizado em 14/4/20 às 12:02

Vias de acesso à Escola de Governo recebem iluminação de LED

O investimento foi de R$ 200 mil para a instalação de 66 luminárias

Como parte do projeto de modernização dos pontos de iluminação do Distrito Federal, a Secretaria de Obras e Infraestrutura (SODF) determinou a instalação de nova iluminação em LED nas vias de acesso da Escola de Governo. O estacionamento e o trajeto até o ponto de ônibus também estão totalmente iluminados. O investimento total foi de R$ 208.389,01 para a troca de 66 luminárias. Os serviços foram executados pela Companhia Energética de Brasília (CEB).
“A região não contava com iluminação adequada e os usuários reclamavam frequentemente da escuridão. A ampliação da rede vai trazer segurança à população”, ressalta Carlos Eduardo de Oliveira Gomes, chefe da Assessoria de Gestão de Iluminação Pública da Secretaria de Obras do GDF.
Ele acrescenta que “as lâmpadas LED otimizam o uso de recursos públicos, pois reduzem os custos com a operação e a manutenção de luminárias, além de possibilitarem economia com o consumo de energia”.
Para o presidente da CEB, Edison Garcia, investir em iluminação pública é investir no bem-estar da população.  “A luz é um instrumento de cidadania, de proteção e da redução da sensação de insegurança. É com muita alegria que a gente acompanha mais um projeto de iluminação pública sendo executado, especialmente em vias que dão acesso à escola ”, afirmou.
Desde o primeiro dia de gestão, o GDF tem investido na melhoria da iluminação pública da cidade. Tudo isso só é possível graças à Contribuição de Iluminação Pública (CIP) paga todo mês pelos usuários na conta de luz. “Esse recurso oriundo da CIP é reinvestido na melhoria e manutenção da iluminação pública e, também, no pagamento do consumo do parque de iluminação da cidade”, explica o secretário de obras, Luciano Carvalho.
Moderno
O GDF desenvolve projetos de modernização dos novos pontos de iluminação com base nos chamados e informações fornecidas pela Secretaria de Segurança Pública em parceria com os Conselhos Comunitários de Segurança, assim como na demanda de novos setores e solicitações realizadas pelo serviço de Ouvidoria, Secretaria de Cidades e Administrações Regionais.
*Com informações da Secretaria de Obras e Infraestrutura