20/4/20 16:15
Atualizado em 20/4/20 às 16:40

Iniciada a seleção de idosos para o programa ‘Sua Vida Vale Muito’

Elaborado pela Secretaria de Justiça e Cidadania, projeto registra a inscrição de quase 300 idosos. Portaria foi publicada no DODF

O Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) publicou, nesta segunda-feira (20), a Portaria nº 288/2020 que dispõe sobre os requisitos para seleção dos idosos para participar do programa “Sua Vida Vale Muito – Hotelaria Solidária”, da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus). Com quase 300 cadastrados até o momento, a seleção já começou.

O programa oferece hospedagem em estabelecimento hoteleiro, pelo período de até três meses, a pessoas que se encontrem em vulnerabilidade social, sob risco de contaminação, e busquem medidas de proteção contra a Covid-19.

De acordo com a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, o Hotelaria Solidária vai atender até 300 idosos no total. Toda sexta-feira será feita a seleção dos participantes, que serão contatados por e-mail, telefone ou via endereço.

Protocolo

A secretária anunciou que, já na quarta-feira (22), serão levados os primeiros 100 idosos para o Brasília Palace Hotel, parceiro da iniciativa. Lá será elaborado, juntamente com a Secretaria da Saúde (SES), o protocolo de chegada, com assinatura de termo de responsabilidade. Em seguida, os hóspedes temporários farão o check-in. Para maior segurança, a cada sete dias, haverá aplicação de testes nos idosos.

Durante esse período, haverá oficinas ao ar livre, e todos os funcionários terão monitoramento médico. O número de quartos a serem utilizados vai depender do perfil dos idosos – unidades individuais ou para casais.

“Queremos que cada pessoa se sinta em casa e seja acolhida com toda atenção nesse período em que estará no hotel para se proteger do novo coronavírus”, destacou Marcela Passamani, na semana passada, durante visita de vistoria no Brasília Palace.

As condições

As condições estabelecidas pela portaria publicada no DODF para participar do programa são ter 60 anos ou mais; residir no Distrito Federal; morar em domicílio onde não seja possível o isolamento domiciliar e/ou estar compartilhando moradia com pessoas infectadas ou suspeitas de infecção pelo coronavírus – condição que impossibilita o isolamento social.

Outros requisitos são estar enquadrado na situação de pessoa de baixa renda, conforme os critérios estabelecidos pelo decreto que dispõe sobre o Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal; ter capacidade de autocuidado e autonomia para locomoção, bem como capacidade para realizar sua própria higiene pessoal e de desenvolver, sem dificuldades e sem ajuda, todas as atividades de vida diária; não apresentar febre e/ou sintomas respiratórios compatíveis com a Covid- 19 e, se houver necessidade de teste para diagnóstico de contaminação pelo coronavírus, obter resultado negativo.

A inscrição deve ser feita por meio de preenchimento e envio de formulário de cadastro, disponível no link http://suavidavalemuito.sejus.df.gov.br/inscricao-idoso/.

Mais informações podem ser obtidas por meio dos telefones 3213-0742, 3213-0764 e 99126-9102 (este, com Whatsapp).