4/5/20 9:57
Atualizado em 4/5/20 às 9:57

Voluntários da Saúde ajudam idosos do Hotelaria Solidária

Eles oferecem atendimentos – da simples contação de história a atendimentos farmacêuticos – aos que estão em isolamento social. Saiba como ajudar também

Voluntários da Secretaria de Saúde têm oferecido sua dedicação, tempo e empatia para ajudar os idosos em isolamento social, selecionados no programa Hotelaria Solidária, da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus). Contação de histórias e atendimentos farmacêuticos estão entre os serviços prestados aos hospedados no Brasília Palace Hotel.

A iniciativa partiu da parceria firmada entre a Sejus e a Gerência de Voluntariado (Gevol) da Secretaria de Saúde. Com isso, voluntários profissionais, que já atuam em hospitais e unidades básicas de saúde (UBSs), apresentaram-se para atender os idosos em isolamento

Foto: Divulgação/Saúde

No momento, três contadores de história e uma farmacêutica, indicados pela Gevol, têm auxiliado os usuários em suas necessidades. Eles oferecem desde atendimentos especializados até simples momentos de conversa e descontração, para ajudar a amenizar os efeitos da distância social.

“Vimos que esse serviço dos voluntários pode ajudar nesse momento de pandemia. As pessoas estão ausentes dos seus familiares e precisam de todo tipo de suporte. Por isso, levamos pessoas com experiência no voluntariado, que têm cuidado técnico e sabem como lidar com idosos”, comentou a gerente de Voluntariado da Secretaria de Saúde, Marcilene Frazão.

A ideia é direcionar cerca de 20 voluntários da Gevol para atender os hospedados no Palace Hotel. Também devem entrar na lista enfermeiros, auxiliares de enfermagem e estudantes de Serviço Social e Farmácia que já têm experiência com voluntariado. Além de palhaços que costumam atuar em hospitais, alegrando os pacientes.

Dedicação
Marcilene Frazão destacou ainda o comprometimento e dedicação desses voluntários. “Lá o trabalho é diferenciado. Eles se comprometeram a ir três meses direto e a não ter contato com outras pessoas, para não correr o risco de contaminar os idosos com a Covid-19. Eles trabalham de segunda a sexta-feira, e alguns ainda ficam no fim de semana”, contou.

“Essa dedicação é importante no momento por que passamos. A parceria entre as pastas só fortalece e melhora o atendimento prestado aos idosos da Hotelaria Solidária”, ressaltou Marineusa Bueno, diretora de Planejamento, Monitoramento e Avaliação do Trabalho da Subsecretaria de Gestão de Pessoas (Sugep), e uma das que auxiliaram a Gerência de Voluntariado na iniciativa.


Serviço
A Secretaria de Justiça e Cidadania abriu um chamamento público para voluntários profissionais atuarem em várias áreas com os idosos instalados no hotel. Os interessados podem se inscrever pelo site.


* Com informações da Secretaria de Saúde/DF