5/5/20 13:59
Atualizado em 5/5/20 às 19:02

Construção de 16 novas Unidades Básicas de Saúde

Finalidade é ampliar os atendimentos da Atenção Primária em Saúde

Foto: Breno Esaki/Agência Saúde
Na Região de Saúde Oeste serão construídas três novas UBSs, sendo duas em Brazlândia e uma em Ceilândia. Além disso, haverá a reforma da UBS 8 de Ceilândia. Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

Com o intuito de ampliar a rede de Atenção Primária e melhor atender a população, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal está com processo de construção de 16 novas Unidades Básicas de Saúde em todas as regiões, exceto a Região Central.

“Isso representa um esforço do governo para ampliar a atenção primária da rede de saúde pública em diversas regiões do DF, distribuindo de forma mais equilibrada o atendimento preventivo para que a população receba uma assistência melhor e com mais rapidez”, disse o secretário e Saúde, Francisco Araújo.

O coordenador da Atenção Primária, Fernando Érick Damasceno, acrescenta que “essas obras representam a melhoria da qualidade de trabalho e a otimização da resposta da Atenção Primária à Saúde. Estamos avançando na expansão da atenção primária à saúde para elevar a cobertura da Estratégia Saúde da Família”.

A Região de Saúde Centro-Sul ganhará três novas UBSs, sendo duas na Estrutural e uma no Riacho Fundo II. A Região de Saúde Norte vai receber 3 novas unidades, sendo uma na Fercal, uma em Sobradinho e outra em Planaltina.

A Região de Saúde Sudoeste receberá três novas unidades, sendo uma em Águas Claras, uma no Recanto das Emas e outra em Samambaia. Na Região de Saúde Oeste serão construídas três novas UBSs, sendo duas em Brazlândia e uma em Ceilândia. Além disso, haverá a reforma da UBS 8 de Ceilândia.

 
“Nós estamos analisando caso a caso e trabalhando em todos os projetos de forma individual. Cada obra exige uma determinada ação e, avançamos muito no último mês mapeando a situação e agindo pontualmente”, destaca.

Já a Região de Saúde Sul ganhará duas novas unidades, sendo uma no Gama e outra em Santa Maria. Na Região de Saúde Leste serão construídas duas UBSs, uma em São Sebastião e outra no Paranoá.

Algumas obras estão em fase inicial, como demarcação de territórios ou elaboração de projetos, outras estão em andamento, algumas já em fase de finalização. Todas estão previstas para serem inauguradas até o final de 2021.

Avanços

De acordo com Fernando, nos últimos três meses houve grande expansão. A Atenção Primária do DF contratou mais de 400 novos profissionais em diferentes modalidades e categorias.

“Temos um cenário promissor e acreditamos que chegaremos em um número de equipes completas jamais vista na Atenção Primária do DF. Será um grande ganho para a rede de saúde como um todo e para a população”, explica.

Segundo o coordenador de Atenção Primária, é preciso avançar na contratação de novos servidores, como técnicos de enfermagem e agentes comunitários de saúde.

*Com informações da Secretaria de Saúde