22/5/20 17:24
Atualizado em 22/5/20 às 17:27

Sedes convoca 101 técnicos administrativos

Aprovados são os primeiros a serem chamados do concurso promovido no ano passado. Para a próxima semana, está prevista a divulgação do resultado preliminar da prova subjetiva dos cargos de especialistas

O Diário Oficial do DF desta sexta-feira (22) divulgou a convocação dos 101 aprovados no concurso público para a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes). No chamamento são 89 aprovados da ampla concorrência e 13 que se declararam pessoa com deficiência.

A partir de agora, de acordo com o Regime Jurídico dos Servidores Públicos civil do Distrito Federal, das autarquias e das fundações públicas distritais – Lei complementar nº 840, de 23/12/2011; esses aprovados têm o prazo improrrogável de 30 dias, contados da publicação do ato de nomeação, para apresentarem a documentação necessária para a posse. Após esse procedimento, são até cinco dias úteis para entrar em serviço.

O convocado precisa apresentar cópia e original da documentação abaixo na Gerência de Registros Funcionais (Digep) da Sedes. No 3º andar, sala 303, na SEPN 515 Bloco A Edifício Banco do Brasil, na Asa Norte, das 9h às 11h30 e 14h às 17h.

 

Outros cargos

Nesta sexta-feira (22), venceram os prazos para recurso da prova discursiva dos candidatos aos cargos de Especialista em Assistência Social. A partir da próxima semana está prevista a divulgação desse resultado definitivo. Na sequência, é liberado o cronograma do curso de formação para aquelas especialidades com previsão dessa etapa.

 

Exame médico

Os exames admissionais do Governo do Distrito Federal são de responsabilidade da Subsaúde/Seec. Para tal, até segunda-feira (25), essa unidade vai divulgar e definir todos os procedimentos para o agendamento.

Documentação para posse

1. Ficha de Cadastro: preencher o Formulário WEB disponível em http://www.sedes.df.gov.br/wp-conteudo/uploads/2019/09/Bloquinho-primeira-vez.pdf

2. Carteira de Identidade – RG;

3. Cadastro de Pessoa Física – CPF;

4. Título de Eleitor;

5. Comprovante de quitação eleitoral no site do Tribunal

Superior Eleitoral, link abaixo:

http://www.tse.jus.br/eleitor/certidoes/certidao-dequitacaoeleitoral;

6. Número do PIS/PASEP e data de vínculo ao Programa (PIS ou

Pasep);

OBS 1: A data de vínculo no PIS/Pasep é dado imprescindível e deve ser obtida junto à Caixa Econômica Federal no caso de PIS e junto ao Banco do Brasil no caso de Pasep.

OBS 2: Caso não possua PIS/Pasep, favor preencher o Formulário de inclusão no Pasep(disponível no setor) e entregar na Gerf no ato da entrega dos demais documentos.

7. Certificado de Reservista/Dispensa de Incorporação/Carta Patente, que conste se remunerado ou não;

8. Carteira do Conselho Regional de Classe do Distrito Federal (quando a categoria funcional exigir);

OBS: Para aqueles que possuem Conselho de outro estado, ao solicitarem seu Registro junto ao Conselho do DF, deverão possuir uma cópia autenticada do Diploma frente e verso para conferência no NUAM, tendo em vista que o Diploma original fica retido no Conselho;

9. Certidão de Casamento;

10. 2 (duas) foto 3×4 recente (escreva seu nome e cargo no verso)

11. Comprovante de Escolaridade (cópia frente e verso) exigido para o cargo de acordo com o que consta no edital normativo (verificar para os cargos de nível médio, a exigência também do Certificado de nível médio);

12. Declaração de Idoneidade (disponível no site);

13. Declaração de Bens (disponível no site);

14. Declaração de não participação em Gerência ou Administração de Empresa Privada (disponível no site);

15. Declaração de Acumulação em Cargo/Emprego/Função na Administração Pública (disponível no site);

16. Certidões:

– Certidões negativas da Justiça Federal, Cível e Criminal (TRF1);

– Certidões negativas da Justiça Distrital Cível e Criminal (TJDFT);

– Certidões negativas da Justiça Eleitoral – Crime Eleitoral (TSE);

– Certidão negativa da Justiça Militar Federal (STM);

– Certidão Negativa expedida pelo Banco Central do Brasil (Administração e Instituição em Liquidação Extrajudicial);

– Certidão negativa Tribunal de Contas do DF (Certidão de Julgamento de Contas).

17. Caso receba proventos de aposentadoria, pensão ou reforma: Apresentar o Contracheque e Declaração do Órgão de Vínculo;

18. Comprovante de Residência;

OBS.: Deve ser em nome do candidato e constar o Código de Endereçamento Postal (CEP). Caso o comprovante apresentado não seja no nome do candidato, preencher Declaração de Residência;

19. Número de sua Conta Corrente no Banco de Brasília – BRB.

a – Se não tiver uma conta no BRB, deverá providenciar a abertura em qualquer agência. No momento da abertura da conta você deve levar impresso o DODF – Diário Oficial onde consta sua nomeação (caso o Gerente solicite documento específico da SES/DF, você deve procurar o Nuam);

b – Se tiver conta no BRB, deverá trazer a cópia do cartão ou extrato bancário.

20. Parecer Médico emitido pela Medicina do Trabalho/SEEC-DF

21. Caso tenha sido nomeado em vaga destinada a PCD

(pessoa com deficiência): laudo técnico que comprove a condição de portador de necessidade especial, expedido por equipe multiprofissional de entidades públicas ou organização credenciada de atendimento a deficientes, no caso de pessoa com deficiência investida em cargo, cujas vagas decorram de reserva legal;

22. Caso exerça ou detenha outro cargo, emprego ou função pública: apresentar declaração funcional (deve ser emitida pelo setor de pessoal do órgão) constando:

a – Data de admissão;

b – Matrícula;

c – Carga horária semanal; e escala do mês anterior (início e término da jornada diária de trabalho);

Link para o trecho: ” Diário Oficial do DF desta sexta-feira (22)”

https://www.dodf.df.gov.br/index/visualizar-arquivo/ pasta=2020|05_Maio|DODF%20079%2021-05 2020%20EDICAO%20EXTRA|&arquivo=DODF%20079%2021-05 2020%20EDICAO%20EXTRA.pdf#page=20

*Com informações da Sedes