31/5/20 16:37
Atualizado em 31/5/20 às 16:46

Marco da arquitetura moderna, Catedral de Brasília faz 50 anos

Igreja pode ser visitada sem sair de casa pelo Tour Virtual, criado em celebração aos 60 anos da capital federal

Brasília 24 de junho de 2019//Catedral de Brasília.Foto Luis Tajes/Setur-DF
Catedral e céu de Brasília fazem dupla na demonstração da beleza que marca o centro da capital | Foto: Luís Tajes / Setur-DF

A Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, conhecida como Catedral de Brasília, comemora 50 anos neste domingo (31). O audacioso projeto de Oscar Niemeyer é um marco da arquitetura moderna e foi o primeiro monumento criado em Brasília. Seu desenho simboliza mãos em prece voltadas para o céu e os 16 pilares de concreto têm o formato de bumerangues. Os vitrais são assinados pela artista plástica Marianne Peretti, e dão um tom celestial à Catedral, que também exibe em seu interior três grandes anjos de metal que parecem flutuar pelo céu.

Na entrada da Catedral, estão instaladas quatro grandes esculturas conhecidas como Os Quatro Evangelistas. As esculturas e os anjos da Catedral são assinados pelos renomados artistas plásticos Alfredo Ceschiatti e Dante Croce.

A igreja é considerada um dos pontos turísticos mais importantes da capital federal e recebe milhares de visitantes ao longo do ano. Mas a celebração dos 50 anos foi diferente, devido ao atual momento de pandemia de Covid-19.

Os Quatro Evangelistas (Mateus, Marcos, Lucas e João), obra de Alfredo Ceschiatti e Dante Croce, dão as boas vindas ao público na entrada do monumento | Foto: Catedral.org / Divulgação

A missa em ação de graças pelo jubileu de ouro foi transmitida ao vivo nos meios de comunicações sociais da Arquidiocese, pela Rádio Arquidiocesana Nova Aliança e pela TV e Rádio Canção Nova Brasília. A celebração foi presidida pelo Cardeal Dom Sergio, os bispos auxiliares Dom José Aparecido e Dom Marcony Vinícus, e pelo pároco da Catedral, padre João Firmino.

Mas também é possível visitar a Catedral no dia do seu aniversário. Ela é um dos destaques da Rota da Paz, que faz parte do Tour Virtual de Brasília, criado em abril deste ano pela Secretaria de Turismo do DF em celebração aos 60 anos da capital federal.

O tour virtual permite fazer uma viagem por 80 pontos turísticos imperdíveis de Brasília, separados por temas, e foi elaborado pela Setur por meio da plataforma Google Earth. Da tela de um celular, computador ou tablet, brasilienses, curiosos de todo o Brasil e do mundo podem conhecer as obras da imponente igreja, mesmo no conforto de casa.

Brasília 24 de junho de 2019//Catedral de Brasília.Foto Luis Tajes/Setur-DF
Os três arcanjos bíblicos Miguel, Gabriel e Rafael, que pendem do teto da Catedral, também de Alfredo Ceschiatti e Dante Croce | Foto: Luís Tajes / Setur-DF

“A Catedral de Brasília é um dos monumentos mais importantes da nossa cidade e um dos nossos cartões postais. Representa a nossa capital para o Brasil e para o mundo. É uma alegria comemorar as cinco décadas da sua existência, e a Setur disponibiliza a ferramenta do Tour Virtual como um grande presente para todos os brasileiros, católicos ou não. A Catedral é mais do que um monumento religioso, é uma grande obra do nosso país”, elogia a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça.

A Rota da Paz reúne, ao todo, 12 atrativos místicos e religiosos do DF e Entorno, e tem representantes de todas as crenças. Outras seis rotas compõem o Tour Virtual: Rota Cívica, Rota Arquitetônica, Rota Cultural, Rota Náutica, Rota do Cerrado, e Rota Fora dos Eixos.

 

* Com informações da Secretaria de Turismo