2/6/20 15:06
Atualizado em 2/6/20 às 15:28

Parques públicos reabrem amanhã com fiscalização e restrições de atividades

Os frequentadores terão que respeitar o distanciamento e evitar grupos

Para a volta das atividades, os equipamentos de musculação e demais áreas de atividade coletiva foram bloqueados, assim como banheiros e bebedouros interditados. Equipamentos públicos, como quadras, parquinhos infantis, Pontos de Encontros Comunitários (PECs) e aparelhos de ginástica foram cercados com fita zebrada. As pistas de caminhada e ciclismo receberam limpeza.

As condições das pessoas usufruírem dos espaços também passam pela obrigatoriedade do uso de máscara e manutenção do distanciamento entre frequentadores. E, ainda constam entre as determinações do governo, as proibições de comércio de qualquer natureza, inclusive ambulantes e a realização de acampamentos. Em situação de descumprimento das normas, o frequentador será, em um primeiro momento, alertado por meio de conversa. Caso persista, será acionado o Batalhão de Polícia mais próxima da Unidade.

O presidente do Instituto Brasília Ambiental, Cláudio Trinchão, acompanhará a reabertura dos 17 parques nessa quarta-feira (3), às 8 h no Parque Ecológico Águas Claras. As unidades de conservação, administradas pelo Instituto, foram indicadas no decreto do governador Ibaneis Rocha para abrir à comunidade. Os parques estavam fechados desde o dia 23 de março, devido as medidas de enfrentamento a pandemia, provocada pelo Covid-19.

Os parques que serão reabertos nessa quarta-feira (3) são: Parque Recreativo do Gama (Prainha), Parque Distrital das Copaíbas (Lago Sul), Monumento Natural Dom Bosco (Lago Sul), Parque Ecológico do Paranoá, Parque Ecológico do Gama, Parque Ecológico Sucupira (Planaltina), Parque Ecológico do Lago Norte, Parque Ecológico da Asa Sul, Parque Ecológico Olhos D`Água, Parque Ecológico Ezequias Heringer (Guará), Parque Ecológico Águas Claras, Parque Ecológico do Riacho Fundo, Parque Ecológico do Areal (Arniqueiras), Parque Ecológico Veredinha (Brazlândia), Parque Ecológico do Cortado (Taguatinga), Parque Ecológico Três Meninas (Samambaia), e Parque Ecológico do Tororó (Jardim Botânico).

 

* Com informações Brasília Ambiental