2/6/20 16:39
Atualizado em 2/6/20 às 16:39

Recanto das Emas recebe ações de sanitização do Sanear-DF

As ações são preventivas no combate ao coronavírus

Criado pelo Governo do Distrito Federal para auxiliar na desinfecção de espaços públicos com elevado índice de circulação de pessoas, o Sanear-DF estará no Recanto das Emas nesta terça e quarta-feira (2 e 3). O programa que alinha estudos estatísticos com equipes e maquinário especializado pretende sanitizar o maior número de locais da cidade nestes dois dias.

As ações são coordenadas pela Secretaria Executiva das Cidades e pela diretoria de Vigilância Ambiental e auxiliam as administrações regionais no combate a proliferação do novo coronavírus e da dengue no Distrito Federal.

No primeiro dia de trabalho os locais que receberam a higienização foram a Clínica da Família da Quadra 104, a Unidade Básica de Saúde da Quadra 102, a Gerência de Saúde e o Posto do SAMU, ambos localizados na Quadra 101, o restaurante comunitário, o Batalhão da Polícia Militar, a sede do Conselho Tutelar, a Coordenação Regional de Ensino, a sede da Administração Regional, as duas Unidades Básicas de Saúde e o Posto Policial no Setor Habitacional Água Quente, e por fim, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Ações preventivas no combate ao coronavírus. Fotos: Divulgação

Os locais foram mapeados pela administração regional por receberem uma alta movimentação e rotatividade de pessoas durante o dia. “Montamos uma programação nas áreas identificadas com maior probabilidade de contaminação e incidência da Covid-19 e Dengue”, esclareceu o administrador do Recanto das Emas, Carlos Dalvan.

As equipes do Sanear-DF realizaram uma sanitização detalhada dos ambientes utilizando pulverizadores costais e máquinas instaladas nas caminhonetes com o hipoclorito de sódio, reagente básico para desinfetar os lugares.

Durante a operação também foram recolhidos entulhos em locais apontados pela Administração como sendo de descarte irregular e a limpeza das paradas de ônibus com o objetivo de tranquilizar a população sobre possíveis focos da dengue e coronavírus.

 

* Com informações Ascom Recanto das Emas