12/6/20 11:01
Atualizado em 12/6/20 às 11:40

Taguatinga em ritmo de revitalização de calçadas

GDF já financiou R$ 820 mil em obras nos passeios da região. Demanda é a segunda mais frequente encaminhada pelos moradores à Ouvidoria

Em vários trechos, as calçadas estão ganhando ampliação no espaço: mais segurança para os pedestres | Fotos: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Construídas desde os tempos do Império Romano, as calçadas atravessaram os séculos com a importante função de proteger os pedestres. O nome vem do latim calcare, que significa pisotear, bater com os pés, calçar. No século 21, essa destinação dos passeios públicos segue atualizada; e, em Taguatinga, os pedestres podem se beneficiar da revitalização de quase 5 km de trechos de passagem.

Segunda solicitação mais frequente dos moradores encaminhada à Ouvidoria – a primeira é o reparo de asfalto –, os reparos nos pisos públicos da cidade envolvem investimentos de R$ 820 mil. São recursos empregados pelo GDF, por meio da Novacap e da Secretaria de Obras, entre 2019 e junho deste ano. “E não vamos parar”, garante o administrador de Taguatinga, Geraldo César de Araújo.

Comunidade aprova

A mais recente reforma acontece agora na QNL. Iniciadas na segunda-feira (8), as obras seguem em ritmo intenso e compreendem 2,7 mil metros de pisos cimentados que vão do Detran à avenida Hélio Prates, próximo ao Shopping JK. “Tinha uma demanda muito grande para a revitalização dessas calçadas”, afirma Geraldo. “Na verdade, há 35 anos que os moradores da região pedem por esses serviços. A comunidade ficou envaidecida com o início das obras”.

Prefeito da QNL desde 2014, João Batista Alves Sobrinho se diz exultante. “Era uma luta antiga; nem dá para acreditar que conseguimos ser atendidos nessa reivindicação”, festeja. “Moro aqui desde os oito anos e nunca vi essa calçada ser revitalizada, e olha que entrava e saía governo e lá estava a gente pedido reforma da calçada, o que só aconteceu nesta gestão”.

João Batista Alves Sobrinho, prefeito da QNL: “Entrava e saía governo e lá estava a gente pedido reforma da calçada, o que só aconteceu nesta gestão”

Moradora da QNL 9, Sandra Vaz também ficou animada ao ver as equipes trabalhando na rua lateral ao Detran de Taguatinga. “Já tinha perdido as esperanças, nem estou acreditando”, comenta. “Era um inferno, a calçada estava detonada, o que tinha de gente que tropeçava ali não é brincadeira”.

Sandra Vaz, moradora da QNL 9: “Já tinha perdido as esperanças, nem estou acreditando”

Circuito de calçadas

O administrador de Taguatinga conta que o projeto de revitalização das calçadas da QNL, ladeada por uma via bastante movimentada, foi um processo complicado. Demorou, mas deu certo. Ele garante que os moradores vão gostar da novidade. A faixa de grama que havia entre a calçada e o meio-fio, chamada de “servidão”, será retirada para alargar a passagem de pedestres, que passa a ter 2,2 metros. “Vai ser um calçadão fantástico”, torce.

Os trabalhos fazem parte de um circuito de calçadas que já passaram ou vão passar por algum tipo de recuperação ou mesmo reforma total, num processo que vem acontecendo desde agosto de 2019 e que integra um projeto de interligação dos passeios de uma região para a outra. “Nossos projetos na cidade não são aleatórios” diz Geraldo César. “Com a reconstrução dessa calçada da QNL, por exemplo, vamos conectar [a calçada] com a que passa pelo cemitério da cidade. O mesmo aconteceu com as calçadas do Parque [Saburo] Onoyama, e por aí vai”.

Também são beneficiados com esse projeto os passeios das avenidas Samdu Norte e Elmo Serejo, a calçada que vai da frente do Detran de Taguatinga até à Delegacia da Criança e do Adolescente II, da Super Adega ao Parque Saburo Onoyama e a passarela do campo de futebol do Setor C Norte. “Estamos trabalhando na revitalização da cidade”, resume o administrador.

Galeria de Fotos

Taguatinga em ritmo de revitalização de calçadas