2/7/20 8:36
Atualizado em 2/7/20 às 8:36

Colégios católicos arrecadam equipamentos para a rede pública

Feita em parceria com a Secretaria de Educação, campanha começa nesta quinta (2) e terá pontos de arrecadação em 21 colégios

O empenho em ajudar estudantes da rede pública que não possuem equipamentos para acessar a internet ganhou aliados importantes. Em iniciativa conjunta da Secretaria de Educação (SEE) e da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (Anec), a partir desta quinta-feira (2), os 21 colégios católicos do DF serão transformados em pontos de coleta de computadores, celulares, tablets e notebooks em boas condições de uso – material que será destinado aos estudantes das escolas públicas. Equipes vão receber as doações das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira. A campanha segue até 3/8.

“Essa corrente de solidariedade é vital para que o Escola em Casa DF cumpra sua missão de nos conduzir na travessia desse momento único causado pela pandemia, e nós agradecemos aos colégios católicos pela iniciativa e pelo exemplo”, destaca o secretário de Educação, Leandro Cruz. Ele lembra que as aulas na plataforma Google Sala de Aula constituem a mais completa alternativa ofertada pelo Escola em Casa, porque é a única opção que permite a interação com os professores. “É o pré-requisito mais importante para o sucesso do processo ensino-aprendizagem”, afirma.

Corrente solidária

“Soubemos que a Rede Marista vinha obtendo êxito em uma campanha para ajudar os estudantes da rede pública em dificuldade com recursos tecnológicos e então nos reunimos com as demais escolas católicas de Brasília para ampliar a iniciativa”, conta a gerente da Câmara de Educação Básica da Anec, Roberta Guedes. Todos os diretores se comprometeram a entrar nesta corrente de solidariedade.

“A parceria entre as escolas católicas e a Secretaria de Educação mostra que as fronteiras entre o público e o privado podem diminuir bastante quando há solidariedade entre pessoas e instituições”, afirma o subsecretário de Educação Básica da SEE, Tiago Cortinaz da Silva. Por meio das regionais de ensino, a pasta coordenará a entrega das doações aos estudantes, além de formatar os equipamentos recebidos.

 Pontos de arrecadação

Quem quiser ajudar pode fazer doações de equipamentos que não estejam mais em uso, mas em boas condições. Confira, abaixo, a lista dos colégios que estão recebendo as arrecadações.

* Com informações da SEE