26/8/20 10:58
Atualizado em 29/8/20 às 10:02

Mais de 20 km de canais de irrigação são reformados

Governo investe R$ 5,4 milhões em obras para garantir água a cerca de 150 produtores rurais do Santos Dumont e Vargem Bonita 

| Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

O Governo do Distrito Federal está concluindo a revitalização de dois sistemas de abastecimento de água nos núcleos rurais Vargem Bonita, no Park Way; e, Santos Dumont, em Planaltina. As obras, esperadas há mais de 20 anos, vão representar uma solução para cerca de 150 produtores rurais, que enfrentam dificuldades no período de estiagem. São mais de 20 quilômetros de novos canais de irrigação, onde o GDF local investe cerca de R$ 5,4 milhões. 

Além de garantir água durante todo o ano, a nova tecnologia vai ajudar a não desperdiçar recursos hídricos. Na revitalização, estão sendo utilizados tubos de polietileno de alta densidade capazes de eliminar em 50% as perdas de água por infiltração no leito do canal, que hoje é de terra. “Dessa forma, será possível assegurar o abastecimento de água para as atividades agropecuárias, principalmente na estiagem”, afirmou o extensionista rural da Emater, Leandro Moraes.

Canal antigo que está sendo desativado. Foto: Acácio Pinheiro / Agência Brasília

Em Planaltina, cuja extensão rural representa quase 30% da área total do DF, o governo investe no canal de irrigação do Núcleo Rural Santos Dumont. Com aproximadamente 90 propriedades, a região foca sua produção em hortaliças, fruticultura, pecuária e piscicultura. A rede de abastecimento contempla 13 quilômetros de canais.

Orçadas em R$ 4,6 milhões, as obras são resultado de uma parceria entre a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa), a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri-DF), a Empresa de Assistência e Extensão Rural (Emater-DF), a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb), o Comitê da Bacia Hidrográfica do Paranaíba (CBH-Paranaíba) e produtores usuários do canal.

Durante anos a fio, muitas pessoas, instituições e entidades, além das já citadas, estiveram de alguma forma envolvidos no êxito do empreendimento. Grande destaque deve ser dado para a própria comunidade do Santos Dumont – que, por meio da Associação de Usuários do Canal de Abastecimento de Água do Núcleo Rural Santos Dumont (Aucasdu), sempre atuou para que a obra se concretizasse. Também cabe menção à Associação Multissetorial de Usuários de Recursos Hídricos de Bacias Hidrográficas (Abha) e ao programa Produtor de Água no Pipiripau, que envolve muitos outros atores essenciais para que a tubulação do canal virasse realidade.

Esperamos por muito tempo e agora estamos felizes, porque podemos nos programar para plantar o ano todo. Agora é garantia no fornecimento de água em todas as épocas, sem contar que não teremos desperdícioCláudio Tutomu, produtor rural

“Além de ajudar a área rural, vai beneficiar o público urbano das cidades de Planaltina e Sobradinho, já que parte da água que abastece essas cidades vem do Ribeirão Pipiripau, de onde é realizada a captação de água para o canal”, completa Leandro Moraes, ao prever a conclusão das obras para setembro.

O produtor rural Cláudio Tutomu explicou que, no ano de 2017, aquela área rural de Planaltina chegou a ficar sem o abastecimento de água, em decorrência da crise hídrica que o DF enfrentou. “Muitos agricultores perderam toda a lavoura. Depois daquele ano, nem todos passaram a plantar na seca com medo de perder o investimento”, contou. As intervenções, segundo ele, foram custeadas pela tarifa de contingência – cobrada sobre o consumo excessivo de água, no período crítico da crise hídrica – e de recursos provenientes do pagamento pelo uso da água na bacia hidrográfica do Rio Paranaíba, onde deságua o Ribeirão Pipiripau.

Cláudio Tutomu, produtor rural | Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

“Esperamos por muito tempo e agora estamos felizes, porque podemos nos programar para plantar o ano todo. Agora é garantia no fornecimento de água em todas as épocas, sem contar que não teremos desperdício”, comemorou o agricultor Cláudio Tutomu.

Vargem Bonita 

Na área rural do Park Way, o governo investe em intervenções nos canais de irrigação de Vargem Bonita, cuja extensão soma mais de sete quilômetros. A região é destaque na produção de hortaliças, especificamente de folhagem, culturas que demandam muita água para irrigação. 

Nas obras de substituição dos canais de água, o governo investiu cerca de R$ 850 mil em emenda parlamentar para beneficiar 55 produtores que solicitavam essa obra havia mais de 20 anos. “Esses canais são fonte de renda para muitos produtores que plantam e abastecem o Distrito Federal com produtos de qualidade”, afirma o secretário de Agricultura, Cândido Teles. “Trabalhamos juntos com a Emater para valorizar, prestigiar e levar a riqueza ao homem do campo”, completou. 

O produtor rural, Shoichi Sumida, contou que, com o fim da obra de revitalização do canal, espera que todos os produtores da região possam ter acesso à água. “A água é o bem mais importante possível, principalmente em épocas de seca. O canal existe há muito tempo, mas com a obra não temeremos mais perdas de água como existia antes. Esperamos que todos possam trabalhar tranquilos sem precisar ficar indo atrás de água”, ressaltou. 


*Com informações da Seagri

Galeria de Fotos

Mais de 20 km de canais de irrigação são revitalizados