21/10/20 16:00
Atualizado em 21/10/20 às 17:32

Investimento no Socioeducativo

Edital convoca entidades interessadas em desenvolver projeto voltado ao atendimento de socioeducandos

O Distrito Federal terá uma ação inédita desenvolvida pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) e o Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDCA) para atender adolescentes egressos do Sistema Socioeducativo.

Foi publicado, nesta terça-feira (20), no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), um edital de chamamento público para selecionar organizações da sociedade civil (OSCs) com interesse em desenvolver projetos voltados ao atendimento de adolescentes entre 12 e 21 anos que já cumpriram medidas socioeducativas em meio aberto, semiliberdade ou internação.

R$ 3,4 milhõesserão investidos nos projetos destinados ao Sistema Socioeducativo

A iniciativa será executada com recursos do Fundo dos Diretos da Criança e do Adolescente, gerenciado pelo CDCA. No total, serão investidos R$ 3,4 milhões. “Vamos auxiliar esses jovens em todo o seu processo de ressocialização, abrindo caminho para um novo futuro, baseado na capacitação profissional e inserção no mercado de trabalho, além de outras atividades formativas que possibilitem o lazer e a cultura”, explicou a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani. “Essa ação é o fechamento de todo o ciclo da reeducação”.

A proposta é atender até 200 adolescentes. Eles receberão acompanhamento por até 12 meses pela equipe técnica e terão acesso a atividades culturais, esportivas e de lazer. Há previsão ainda de oferta de quatro cursos de capacitação profissional e técnica, com a carga mínima de 200h/aula ao ano. Os adolescentes receberão uma bolsa no valor mensal de aproximadamente R$ 400.

Socioeducação

A Sejus coordena o Sistema Socioeducativo do Distrito Federal, sendo responsável pela execução das medidas referentes a prestação de serviços à comunidade, liberdade assistida, semiliberdade e internação. São 30 unidades socioeducativas que atendem, aproximadamente, a três mil jovens entre 12 e 21 anos.

As organizações interessadas em firmar parceria para essa ação poderão enviar as propostas a partir de 23 de novembro.

Mais informações estão disponíveis no site da Sejus.

* Com informações da Sejus