9/12/20 12:27
Atualizado em 10/12/20 às 13:28

Brazlândia recebe lâmpadas de LED

Para instalar as 1.606 novas luminárias, foram investidos R$ 1,5 milhão, recursos de emenda parlamentar

Novas lâmpadas, em LED, substituirão as luminárias atuais: economia e segurança | Foto: Divulgação/CEB

Um novo projeto está em execução para melhorar a vida dos moradores de Brazlândia. Na manhã desta terça-feira (8), as equipes da Companhia Energética de Brasília (CEB) deram início à reforma de iluminação pública na cidade. Serão substituídas 1.606 luminárias convencionais por modelos de LED, mais eficientes.

Para celebrar a novidade, foi realizada, dentro dos protocolos de segurança determinados pela pandemia de Covid-19, uma cerimônia da qual participaram o superintendente de iluminação pública da CEB, Frederico Dourado; o deputado distrital Iolando Almeida, que destinou emendas parlamentares no valor de R$ 1,5 milhão para a execução do projeto, e o chefe de gabinete da Administração Regional de Brazlândia, Marcelo Gonçalves.

“O nosso compromisso é entregar uma iluminação pública de qualidade para todo o Distrito Federal; e, por meio da parceria entre as administrações regionais e os parlamentares, podemos executar diversos projetos como este de Brazlândia”, afirmou Frederico Dourado.

“O nosso compromisso é entregar uma iluminação pública de qualidade para todo o Distrito Federal” Frederico Dourado, superintendente de iluminação pública da CEB

Segurança e economia

“A primeira melhoria será na questão da segurança, porque o LED traz essa sensação de ambiente seguro para a população”, pontuou Marcelo Gonçalves. “O segundo impacto profundo será na economia em nossa conta de energia. Hoje nós temos um custo mensal de R$ 600 mil, e a previsão depois das luminárias de LED é de que a conta fique em R$ 240 mil. Ou seja, uma grande economia.”

O deputado Iolando Almeida também comemorou: “Estou muito feliz em saber que a iluminação pública de qualidade era uma demanda grande da comunidade e que, por meio da nossa emenda parlamentar, podemos viabilizar o projeto”.

Igualmente satisfeito se manifestou o aposentado José Ferreira Soares. “Tenho visto o LED, e faz muita diferença: vai ficar melhor para enxergar, e o parque ficará mais bonito”, destacou ele, que mora em Brazlândia desde 1969.

 

* Com informações da CEB