18/1/21 13:32
Atualizado em 18/1/21 às 13:37

Acertou na coleta seletiva? Parabéns, o certificado é seu

Iniciativa faz parte da campanha Cartão Verde, elaborada pelo SLU para incentivar a correta separação de resíduos no DF

Campanha tem obtido bons resultados, graças à interação entre garis, síndicos, funcionários de prédios e moradores | Foto: Divulgação/SLU

A campanha Cartão Verde, elaborada pelo Serviço de Limpeza Urbana (SLU), iniciou, nesta segunda-feira (18), a certificação de condomínios e residências que acertaram na coleta seletiva. O reconhecimento contempla as pessoas que receberam, nas primeiras fases da campanha, três cartões verdes, ou que migraram do cartão vermelho ou amarelo para o cartão verde durante a avaliação, indicando que fizeram a separação correta dos resíduos sólidos.

Há 435 certificados a serem entregues para moradores de oito regiões administrativas por onde a campanha já passou: Ceilândia, Gama, Noroeste, Recanto das Emas, Sudoeste, Águas Claras, Asa Norte e Taguatinga.

Sudoeste

No Sudoeste, o síndico do Condomínio Via Lisboa foi surpreendido pela chegada da equipe de mobilização. Valmor Perdão recebeu, em mão, o certificado parabenizando pela iniciativa correta de separação dos recicláveis. “Há mais de cinco anos fazemos essa separação aqui no nosso prédio”, contou. “Essa campanha do SLU ajudou porque é um incentivo para todos os moradores, ao mostrar que estamos fazendo o trabalho certo”. Cada andar do prédio visitado tem duas lixeiras: uma para secos e outra para orgânicos.

Também no Sudoeste, a síndica do Residencial Via Paris, Fabiani Kunz, recebeu a certificação. Durante a campanha, nenhum cartão vermelho foi aplicado no local que ela gerencia. “É um motivo de orgulho, porque é um trabalho de formiguinha, requer muita dedicação; é um processo de educação dos nossos moradores”, resumiu.

“A certificação é importante para valorizar as pessoas que estão fazendo a separação correta dos seus resíduos”, reitera a coordenadora de mobilização do SLU, Luana Sena. “Nosso objetivo com essa campanha sempre foi educacional. Queremos investir na valorização para que as pessoas continuem fazendo o certo.”

Quarta fase

Na próxima semana, o SLU inicia a avaliação da quarta etapa da campanha nas regiões do Guará, Asa Norte e Taguatinga. Após uma semana de mobilização com moradores e síndicos, tirando dúvidas sobre a separação de resíduos, os garis vão passar aplicando os cartões. Recebe cartão verde quem faz a separação correta. O amarelo vai para quem ainda mistura secos e orgânicos. Já quem não faz separação ganha cartão vermelho.

Em 2020, a campanha Cartão Verde  percorreu oito regiões administrativas, aplicando um total de 3.405 cartões para avaliação da qualidade da coleta seletiva feita pelos moradores do DF. Desse total, foram 1.732 cartões verdes, 1.068 amarelos e 605 vermelhos.

1.732cartões verdes foram entregues em 2020

Os garis avaliam a qualidade da coleta seletiva uma vez por semana e aplicam os cartões três vezes (um para cada semana da campanha). Após as três semanas, quem receber três cartões vermelhos será notificado pela Secretaria DF Legal, que estipulará prazo para correção. Se persistir no erro, o morador ou condomínio poderá ser multado.

* Com informações do SLU