24/1/21 13:25
Atualizado em 24/1/21 às 13:33

Enem: secretário da Educação e ministro visitam local de prova

O Centro de Ensino Médio Júlia Kubitschek, na Candangolândia, recebe mais de 500 inscritos para o exame

O Centro de Ensino Médio Julia Kubitschek, na Candangolândia, recebeu 512 participantes estudantes neste domingo, segundo dia de provas. Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

No segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), acompanhado do secretário de Educação do DF, Leandro Cruz, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, visitou um dos locais de aplicação da prova no Distrito Federal, o Centro de Ensino Médio Julia Kubitschek, na Candangolândia. A unidade recebe 512 participantes estudantes neste domingo, segundo dia de provas.

As medidas de distanciamento social e o respeito aos protocolos sanitários estavam entre as preocupações. “Pude visitar as salas e verificar também, junto com a empresa que está aplicando as provas, a questão do distanciamento, de todo o preparo, e fiquei muito impressionado”, afirmou o ministro, após a visita. “Creio que vamos ter uma boa prova aqui. Mais de duas centenas de locais de aplicação no Distrito Federal e o meu desejo é que os alunos possam comparecer e fazer uma boa prova.”

Durante o encontro, o secretário Leandro Cruz destacou as melhorias nas instalações físicas realizadas nas escolas da rede pública durante o ano de 2020, em meio à pandemia do novo coronavírus.

Da esquerda para a direita: o diretor do CEM Júlia Kubitschek; a coordenadora regional de ensino do Núcleo Bandeirante, Ana Maria Alves da Silva; o ministro da Educação, Milton Ribeiro; e o secretário de Educação do DF, Leandro Cruz. Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

“Com muita satisfação, recebemos a notícia, tanto do ministro quanto dos organizadores do Enem, que as nossas escolas estão em excelentes condições e absolutamente preparadas para receberem os participantes do Enem.

A esses, queremos desejar sucesso e muita tranquilidade durante a prova. Aos nossos professores, deixo o agradecimento por toda dedicação, transformação e reinvenção no apoio aos nossos estudantes durante um ano tão difícil de pandemia. Vitória a todos os nossos inscritos”, desejou o secretário de Educação do DF.

A coordenadora da Regional de Ensino do Núcleo Bandeirante, Ana Maria Alves da Silva, agradeceu o apoio da Secretaria de Educação às escolas da região e ressaltou a participação do diretor da unidade, que garante a conservação do CEM Júlia Kubitschek.
“Tenho certeza que ele (o ministro) saiu bastante satisfeito ao conhecer uma das nossas unidades escolares. É uma escola linda, de padrão e todas as demais estão assim, conservadas e monitoradas pelos nossos gestores”, enfatizou.
De acordo com o diretor do CEM Júlia Kubitschek, professor Eli Mendes de Lacerda, a visita do MEC à escola dá mais visibilidade, também, à rede em geral, que tem trabalhado pela qualidade do ensino.  “Podemos mostrar que a escola pública tem potencial e referencial. O Governo do Distrito Federal pode, dessa maneira, apresentar a excelência das unidades públicas”, ressaltou.
O Distrito Federal conta, ao todo, com mais de 113 mil inscritos para esta edição, que farão as provas em 239 locais diferentes, em espaços públicos e privados. Somente na regional do Núcleo Bandeirante, que abrange também a Candangolândia e o Park Way, as provas serão aplicadas em 19 escolas, sendo 14 da rede pública de ensino.
Também participaram da visita, o deputado distrital Hermeto (MDB) e o deputado federal Roberto de Lucena (Podemos-SP).
*Com informações da Secretaria de Educação