8/2/21 20:42
Atualizado em 8/2/21 às 20:46

Cidadão opina em planos para enfrentar mudanças do clima

Está aberta a consulta pública para criação de dois planos. Um de mitigação e outro de adaptação

A Secretaria do Meio Ambiente (Sema) abriu consulta pública para estabelecer estratégias de enfrentamento das mudanças do clima no Distrito Federal. Trata-se do planos de Mitigação e de Adaptação.

O Plano de Adaptação aborda a identificação de impactos, mapeamento de vulnerabilidades e de ações com foco nos eventos climáticos extremos ligados aos recursos hídricos, em especial. Já o Plano de Mitigação apresenta propostas para criar atividades que reduzam a emissão de gases causadores do efeito estufa e contribuam para a recuperação sustentável da economia pós-pandemia, gerando mais empregos, energia limpa e qualidade de vida.

A iniciativa conta com o apoio do Projeto CITinova (Planejamento Integrado e Tecnologias para Cidades Sustentáveis), do Global Environment Facility – GEF, coordenado nacionalmente pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, executado pela Sema, com o apoio do PNUMA e CGEE.

“O governo do Distrito, por meio da Sema, já atualizou seu inventário de emissões dos gases que causam o efeito estufa e agora precisamos de programas que possam ajudar no controle dessas emissões”, afirma o secretário Sarney Filho.

A participação da população do DF, principal afetada pelas mudanças do clima e destinatária da prestação de serviços públicos, é essencial para complementar esse processo.Sarney Filho, secretário do Meio Ambiente

“A participação da população do DF, principal afetada pelas mudanças do clima e destinatária da prestação de serviços públicos, é essencial para complementar esse processo. Por isso, queremos receber da sociedade civil organizada, do setor privado e da academia propostas que poderão ser abordadas no processo de revisão do Plano de Mitigação e do processo de Implementação das Ações previstas na CDD-Contribuição Distritalmente Determinada”, explica o secretário.

Sarney Filho lembra ainda que todas as unidades da federação precisam se mobilizar nesse esforço já que o Brasil é signatário do acordo de Paris.

Para colaborar com os planos é preciso acessar o site da Sema até o dia 28 deste mês.

*Com informações da Sema