13/3/21 19:53
Atualizado em 13/3/21 às 20:59

Vigilância Sanitária checa uso de máscara no Parque da Cidade

Ao todo, 420 pessoas foram abordadas pelos fiscais e uma foi multada por se recusar a usar a proteção

Fiscais abordaram pedestres circulando em espaço público sem o uso de proteção individual |Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

O uso de máscara é obrigatório nos espaços públicos do Distrito Federal. Para fiscalizar o cumprimento dessa determinação necessária para prevenção ao novo coronavírus, a Diretoria de Vigilância Sanitária (Divisa) da Secretaria de Saúde foi até o Parque da Cidade, neste sábado (13), para verificar se os frequentadores estão usando o equipamento de proteção individual.

Muitos pedestres que faziam caminhada ou corrida na pista de cooper aprovaram e até aplaudiram a ação dos fiscais. Mas houve quem não gostasse de ser abordado. A ação começou às 10h e, até as 17h, quando encerrou, os fiscais contabilizaram a abordagem e orientação de 420 pessoas; além da emissão de multa de R$ 2 mil a um visitante do parque, que se recusou a usar a máscara.

Crime sanitário

O não cumprimento das normas de combate à pandemia pode ser enquadrado como crime de infração sanitária, o que pode, além da multa, render uma pena de até um ano de reclusão. O Decreto 40.648/2020 determina o uso de protetor facial nos espaços públicos, vias públicas, no transporte coletivo, nos estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços.

A ação deste sábado também vistoriou cinco quiosques que funcionam no parque. Todos cumpriam as regras sanitárias vigentes, de acordo com a Divisa.

*Com informação da Secretaria de Saúde

Galeria de Fotos

Vigilância Sanitária checa uso de máscara no Parque da Cidade