15/3/21 15:09
Atualizado em 15/3/21 às 15:09

Nomeados 114 profissionais para a Secretaria de Saúde

Dentre eles, estão 49 enfermeiros obstetras e 15 enfermeiros da família e comunidade

Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF
A Secretaria de Saúde tem aproveitado as vacâncias (aposentadorias e exonerações, por exemplo) para nomear os servidores concursados | Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

O Governo do Distrito Federal (GDF) nomeou, no Diário Oficial desta segunda-feira (15), 114 profissionais, em sete áreas de atuação, para a Secretaria de Saúde. Dentre eles, estão 49 enfermeiros obstetras e 15 enfermeiros da família e comunidade. Os profissionais foram nomeados para repor vacâncias, conforme prevê a Lei Federal n° 173/2020, que impõe limites nos gastos públicos em todas as unidades da Federação.

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, ressaltou a importância desse “reforço de profissionais num momento tão grave em que enfrentamos uma pandemia, com todas as áreas da Secretaria sobrecarregadas e precisando de reforço”. Okumoto disse que “o governador Ibaneis Rocha tem dado todo apoio e condições para que a saúde pública possa atender a população com eficiência e de forma humanizada”.

20farmacêuticos e 10 fonoaudiólogos foram nomeados na edição do DODF desta segunda-feira (15)

Para a subsecretária de Gestão de Pessoas, Silene Almeida, as ações para fortalecimento das equipes da Secretaria de Saúde vão continuar. “O governador Ibaneis Rocha autorizou milhares de nomeações em 2020 e já começamos o ano com esse incremento de profissionais que irão atuar no enfrentamento à covid-19, seja na assistência direta como na indireta, na área estratégica da gestão de processos, TI e comunicação”, afirmou.

Dentre as áreas em que houve a convocação de aprovados no último concurso estão: farmacêuticos (20 profissionais); fonoaudiólogos (10); administradores (10); analistas de sistemas (5); e técnicos de comunicação social (5).

De acordo com Silene Almeida, “a busca pelo atendimento nas unidades de saúde multiplicou e é neste contexto que os enfermeiros de família e comunidade e os obstetras, junto com os farmacêuticos e fonoaudiólogos, serão essenciais para diminuir a sobrecarga nos profissionais que estão atuando, possibilitando assegurar os cuidados à toda a população”.

A Secretaria de Saúde explica que tem trabalhado para recompor as equipes e melhorar a oferta de serviços à população e aproveitado todas as vacâncias (aposentadoria, exonerações e etc.) para nomear os servidores concursados.

*Com informações da Secretaria de Saúde