8/4/21 17:11
Atualizado em 8/4/21 às 17:45

Mais bocas de lobo na QNL 1/3 para evitar alagamentos

Construção de seis caixas para drenagem das águas da chuva atende pedido antigo de moradores e comerciantes de Taguatinga

Serão construídos 25 m de ramais que vão ligar as caixas à rede de drenagem da área | Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

O Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e do programa GDF Presente, iniciou uma obra de drenagem para acabar com os alagamentos na QNL 1/3, em Taguatinga.

Nessa via paralela à rodovia Elmo Serejo – que dá acesso a Ceilândia e a Samambaia –, estão sendo construídas seis caixas com quatro bocas de lobo cada uma. Ao longo da via, serão construídos 25 m de ramais que vão ligar as caixas à rede de drenagem que passa sob a avenida. A meta é acabar de vez com um problema antigo que causa prejuízos a moradores, comerciantes e os cofres públicos.

“Agora, tomamos a decisão de acabar com esse problema de anos”Bispo Renato, administrador de Taguatinga

Fim de transtorno

“Em dias de chuva forte, a enxurrada descia de Ceilândia causava alagamentos, invadia prédios e arrancava parte do asfalto, abrindo buracos na pista. Agora, tomamos a decisão de acabar com esse problema de anos”, afirma o administrador regional de Taguatinga, Bispo Renato.

A previsão é que as obras sejam concluídas até o dia 16 deste mês. De acordo com o coordenador do Polo Oeste, responsável pelo atendimento do GDF Presente em Taguatinga, Elton Walcacer, o acúmulo de águas era um transtorno tanto para motoristas quanto para pedestres.

“Dificultava a travessia da pista tanto para quem estava a pé quanto para quem passava de carro, e agora, com essa parceria com a Novacap, vamos acabar com isso”, relata.

Galeria de Fotos

Mais bocas de lobo na QLN 1/3 para evitar alagamentos