10/5/21 21:25
Atualizado em 10/5/21 às 21:25

Pequenas intervenções que mudam vidas

Moradores do Núcleo Rural Rajadinha agradecem obra que beneficia entrada de condomínio e evita acidentes. Demanda da comunidade tinha 20 anos

Uma obra simples, realizada em pouco mais de 15 dias, mudou a realidade dos moradores do Condomínio Jardim Oriente, no Núcleo Rural Rajadinha, em Planaltina. Acostumados a conviver com acidentes constantes, ter o trecho pavimentado e com uma faixa que desse acesso ao condomínio era o sonho das centenas de moradores do local. Nesta segunda-feira (10), muitos deles comemoravam a novidade.

DER-DF está tocando pequenas obras com pessoal e equipamentos próprios | Foto: Vinícius de Melo/Agência Brasília

A responsabilidade pela obra ficou a cargo do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) e custou cerca de R$ 500 mil. Vinte empregados da própria instituição foram responsáveis pelo trabalho por cerca de quase dois quilômetros – extensão que vai do balão que dá acesso aos condomínios na região até o primeiro quebra-molas, pouco depois da entrada do Jardim Oriente.

“Os governos entram e querem fazer obras novas e deixam as antigas paradas, isso não pode acontecer. Precisávamos atender essa demanda de 20 anos. E que bom que essa demanda chegou e nós conseguimos viabilizar a obra”Paco Britto, vice-governador do Distrito Federal

“Temos procurado atuar em pequenas intervenções em todo o DF e que dão muito resultado. Essa aqui é uma delas”, explicou o diretor-geral do DER-DF, Fauzi Nacfur Júnior. De acordo com ele, após a equipe constatar a necessidade da obra que pode ser feita mais rapidamente, sem necessidade de licitação, os próprios trabalhadores e máquinas do departamento são disponibilizados para a execução do serviço. “Essa era uma obra necessária, pois as pessoas não tinham como ultrapassar nem como acessar o condomínio neste trecho”, completou Nacfur.

Moradora há cerca de 10 anos no condomínio, Joana Angélica ressaltou que a quantidade de acidentes que assistiu por ali foi enorme. “Até com a minha filha”, contou. “Há muitos anos pedíamos essa obra aos governos que passaram e nem acreditamos quando a obra foi autorizada”, disse. “A gente achava que seria mais uma promessa e que, na época da campanha, iam voltar para prometer fazer a obra, mas não. Fizeram em 20 dias e ficou melhor que esperávamos”, acrescentou a moradora.

Para o vice-governador Paco Britto, que recebeu a demanda dos moradores e, imediatamente, pediu ao governador Ibaneis Rocha a autorização para realizar a obra, as pequenas intervenções são tão importantes quanto às grandes obras que o GDF vem realizando em todas as cidades do DF. “Os governos entram e querem fazer obras novas e deixam as antigas paradas, isso não pode acontecer. Precisávamos atender essa demanda de 20 anos. E que bom que essa demanda chegou e nós conseguimos viabilizar a obra”, afirmou.