5/8/21 21:15
Atualizado em 6/8/21 às 11:04

Mais de 3 mil adolescentes já estão com data para vacinar

Aplicação de doses começou nesta quinta-feira e marcação segue aberta; veja como fazer para agendar a sua vez

O agendamento da vacinação para adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades, síndromes e deficiências segue aberto no site vacina.saude.df.gov.br. Até o momento, 3.013 pessoas já marcaram atendimento para vacinar até o dia 9 de agosto. Ao todo, a Secretaria de Saúde destinou 10 mil vagas para atender esse público, sendo que 5 mil foram acrescentadas nesta quinta-feira (5).

Ana Luísa, que estava acompanhada pela mãe e pela irmã mais velha, ficou feliz com a vacinação e espera voltar a ver os amigos e familiares em breve | Fotos: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

A vacinação para o público com síndromes e deficiências começou nesta quinta, em 26 pontos. Na UBS 1 do Guará, foi destinada uma sala, cujo movimento estava tranquilo, apenas para esse público, com atendimento rápido e organizado. Laís Almeida, de 17 anos, tem mielomeningocele e foi à unidade acompanhada da mãe, Carolina Almeida, para receber a primeira dose da vacina. A adolescente aguardava o momento com bastante expectativa, pois sente falta dos amigos.

O agendamento para a vacinação deve ser feito pelo site vacina.saude.df.gov.br

“Estou ansiosa para voltar para a escola”, conta após receber a vacina. Segundo a mãe, o momento é muito importante para a filha e era esperado com ansiedade por ela também. Outra adolescente vacinada na UBS 1 é Ana Luísa Fernandes, de 16 anos. Ela tem paralisia cerebral e foi acompanhada pela mãe e pela irmã mais velha, que fez um vídeo do momento. Feliz pela vacina, ela espera poder voltar em breve a rever família e amigos que, há muito tempo, não encontra por conta do isolamento social.

Marco Vinícius Rodrigues Ribeiro, 16 anos, tem síndrome de Down e chegou à UBS com a mãe, Selma Ribeiro, e com o pai, Edson Ribeiro. Tranquilo, ele recebeu sua dose e saiu contente da sala destinada à vacinação dos adolescentes. Para Selma e Edson, o momento é de alegria e a expectativa era grande para o filho ser vacinado.

Como agendar?

Para fazer o agendamento, primeiramente é necessário se cadastrar no site vacina.saude.df.gov.br. Uma vez cadastrado, é hora de agendar, preenchendo o CPF e demais dados pessoais solicitados. Caso haja alguma dificuldade na hora de registrar os dados via internet, ou fazer o agendamento, o cidadão poderá procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima e, com sua equipe de Saúde da Família, através do agente comunitário de saúde, fazer o cadastro.

São consideradas as seguintes síndromes e deficiências:

No caso dos adolescentes com deficiências e síndromes, ao entrar no site vacina.saude.df.gov.br, estarão disponíveis para preenchimento as seguintes condições:


Já para aqueles que têm comorbidades, serão consideradas as seguintes:

Os CIDs podem ser consultados aqui.

Laudo médico

Para facilitar a apresentação do relatório médico nos pontos de vacinação, a Secretaria de Saúde disponibilizou um modelo da declaração médica a ser apresentada no ato da vacinação, que pode ser acessada e baixada aqui.

Para vacinação dos adolescentes com transtorno do espectro do autismo, com deficiência ou comorbidades, será necessário apresentar relatório médico (modelo disponibilizado acima) ou outro documento que comprove, como carteirinha, registro, etc.

No ato do agendamento, o sistema da Secretaria de Saúde irá reconhecer, por meio do CPF do usuário, se ele é portador de alguma síndrome ou comorbidade, no caso de haver registro de atendimentos no SUS. Ao finalizar o agendamento, no cabeçalho será informado se há necessidade de apresentar laudo médico.

É importante esclarecer que os dados informados devem ser comprovados, pois o cidadão declara estar prestando informações verdadeiras.

*Com informações da Secretaria de Saúde