Fale com o Governo Ações em Destaques

18/8/21 às 08:54, Atualizado em 18/8/21 às 13:46

Conheça Manoel, o gatinho salvo pelo Hospital Público Veterinário

Após fugir de casa e reaparecer depois de alguns dias gravemente ferido, o bichano recebeu atendimento de urgência no Hvep e conseguiu se recuperar

Agência Brasília * I Edição: Carolina Jardon

O serviço do Hospital Veterinário Público (Hvep), gerido pelo Instituto Brasília Ambiental, presta um atendimento necessário e muito importante à população do Distrito Federal. A constatação é do técnico em eletrônica, Sandes Rodrigues de Souza, morador de Ceilândia Sul, tutor do gatinho Manoel, que chegou quase morto ao local e hoje se encontra totalmente recuperado.

No hospital Manoel recebeu, imediatamente, medicação e soro, porque estava muito desidratado | Foto: Divulgação/Brasília Ambiental

O tutor conta que Manoel é o gatinho de estimação de sua filha, Letícia Rodrigues, de 13 anos. No último mês de julho, o animal fugiu de casa, ficando desaparecido por alguns dias. A família fez de tudo para encontrá-lo e conseguiu. Porém, ele retornou em um estado lastimável.

“Estava muito machucado, tinha um enorme abscesso no pescoço, parecia que ia a óbito”, explica Sandes de Souza.

Após o ocorrido, decidiram levar o gato ao Hvep, onde ele foi atendido em regime de emergência.

“No hospital recebeu, imediatamente, medicação e soro, porque estava muito desidratado. Pediram para eu retornar no outro dia porque, talvez, ele precisasse ser submetido a uma cirurgia. Havia a suspeita de rasgadura na traqueia, que imaginamos ter ocorrido na provável briga que ele se meteu na rua”, narra.

Mas, no retorno, foi verificado que a traqueia não havia sido rasgada. Era só muita secreção devido ao alto grau de inflamação na área. A médica veterinária, Ana Raquel, responsável pelo atendimento do Manoel, fez o procedimento de retirada da secreção.

O gatinho ficou aberto durante uma semana até que a inflamação local cedesse. Achávamos até que ele não sobreviveria. Mas ele foi guerreiro e conseguiu se recuperar”, comemora o tutor.

Souza afirma estar muito satisfeito com o atendimento do Hvep. “O Hospital Veterinário Público é uma das melhores coisas já feitas no DF. Nas vezes que estive lá conversei bastante com muita gente e todos são unânimes em dizer que não teriam condições de pagar por atendimento a seus bichinhos de estimação no nível de qualidade que é ofertado lá”, ressalta o tutor do Manoel.

Ele compartilha ainda que, segundo um levantamento que fez, o procedimento que o gatinho foi submetido no Hvep custaria, em clínicas particulares, mais de R$ 10 mil. “Eu não teria condições de arcar. Teria que vender um rim para salvar o Manoel”, brinca.

Souza explica que Manoel representa muito para toda a família, em especial, para sua filha. “É como se fosse um membro da família. Todos torcíamos para que sarasse. Seria muito doloroso se ele tivesse sucumbido. Mas o importante é que deu tudo certo”, ressalta.

Desempenho

De janeiro a 13 de agosto, deste ano, o Hvep realizou 107.368 atendimentos. A unidade permanece no processo de transição, destinando 50% dos agendamentos para a modalidade eletrônica, por meio do agenda.df.gov.br, e 50% para o atendimento presencial. Os casos emergenciais não necessitam de agendamento.

* Com informações do Brasília Ambiental

Últimas Notícias