2/9/21 11:04
Atualizado em 1/10/21 às 9:40

Área pública é reformada por morador do Gama pelo ‘Adote uma Praça’

Local ganhou bosque, pergolados, calçada e até campinho de futebol

Uma paixão que começou em 2005, com a chegada ao Distrito Federal, mais especificamente, no Gama. O coronel Júlio Cintra veio com a família do Sul do Brasil e aqui nasceu o desejo de participar mais da comunidade onde vive. E foi justamente pensando nisso que o coronel começou a procurar um espaço para desenvolver um projeto. Assim começou a parceria de Júlio Cintra com o Governo do DF, pelo programa Adote uma Praça, coordenado pela Secretaria de Projetos Especiais (Sepe).

Em janeiro de 2020, o morador do Gama procurou a administração para mostrar seu interesse pela área. Em janeiro de 2021, assinou o Termo de Cooperação com o programa.

“Eu fui até a administração regional e conversei com eles sobre o que eu queria fazer e eles disseram que existia esse programa para dar mais segurança jurídica para o meu projeto. E aí nós entramos com um requerimento na administração. A administradora Josiane me apoiou muito”, explicou Cintra

“Aqui eu fiz muitos amigos e a minha família ficou muito bem também. Aqui é o lugar que eu vinha tomar chimarrão. Até hoje eu pego o meu chimarrão e venho para cá com a minha esposa”, comentou, Cintra, saudosista, sobre o espaço público que adotou, a “Praça Pioneiros de Brasília”.

O local está de cara nova com a reforma, o que favorece, consideravelmente, os moradores que passam por lá diariamente. Principalmente nas quartas e sábados, onde o movimento é maior. A praça também é utilizada pelos alunos de uma academia próxima, que correm na pista de cooper recuperada pelo parceiro.

“Eu usava bastante o local, e percebi a falta de cuidado dos moradores. E esse é um espaço importante de passagem aqui dos jovens que vão e vêm do colégio e que tinham muita dificuldade em época de chuva, porque virava um lamaçal. Por isso, achei que esse local precisava de uma maior atenção da comunidade”, lembrou o Coronel.

As benfeitorias vão desde recuperação de calçadas, construção de um pergolado, plantio de ipês e acácias, e estruturação de um “campinho” de futebol. Além da construção de um parque infantil, que tem previsão de ficar pronto até dezembro, e de um Ponto de Encontro Comunitário (PEC) que já foi solicitado ao GDF.

A administradora do Gama, Josiane Feitosa, é uma entusiasta do Adote uma Praça, programa que vem sendo bastante difundido na Região Administrativa. “O programa tem sido bem aceito pela população, que passou a cuidar mais da cidade, limpando e zelando bastante. Nós da administração, junto com a comunidade, estamos trazendo esse espírito para o Gama”, enfatizou.

Para o secretário de Projetos Especiais, Roberto Andrade, o Adote uma Praça é um programa que olha para aquilo que é da população e por isso é também a população, não só o governo quem tem que zelar pelos espaços que usa.

“Costumo dizer que cada cidadão que se interessa e leva adiante um projeto que tem em mente é um parceiro nosso, é um parceiro do GDF, é um parceiro do governador Ibaneis Rocha que vem trazendo, com sua política pública, essa mentalidade de cuidado, zelo com os equipamentos da nossa cidade”, reforçou Roberto Andrade.

Adote Uma Praça

O Adote Uma Praça foi criado no governo Ibaneis Rocha e já é um campeão em procura pela população de várias cidades do Distrito Federal. O programa já atingiu 22 regiões administrativas e recebeu 155 propostas, que vão desde jardinagem até áreas verdes, parques urbanos, praças, rotatórias, canteiros centrais de avenidas, pontos turísticos, monumentos, estacionamentos e outros espaços e bens de propriedade do DF colocados ao uso da comunidade.

Atualmente a região do Gama é a segunda maior em número de adoções, fiando atrás apenas do Plano Piloto. Até agora, são três processos assinados, um em fase de assinatura e dezenove já inaugurados.

“Não só aqui no Gama, mas em todas as RAs, a gente viu como o Adote uma Praça está conseguindo melhorar a nossa cidade e sensibilizar a população e os empresários para aderirem ao programa”, concluiu a administradora do Gama, Josiane Freitas.

Como participar

Você pode participar do Adote uma Praça de várias maneiras. Não precisa ser uma obra grande com investimentos altos. Há espaços públicos que precisam ser cuidados, como áreas verdes, praças, canteiros, rotatórias.

A cidade pode e deve ser cuidada por todos. Então, vamos lá. Procure a administração da região onde mora e pegue as informações. Também pode mandar e-mail para sepe.gab@buriti.df.gov.br ou telefonar para 3961-1538.

* Com informações da Secretaria de Projetos Especiais