21/9/21 13:20
Atualizado em 22/9/21 às 9:35

Proteção à maternidade e à primeira infância

O programa atende três eixos: apoio à gestante, incentivo ao aleitamento materno e proteção à infância

A Escola de Governo do Distrito Federal promove ciclo de palestras do Programa de Atenção Materno Infantil para as servidoras da Administração Pública Direta do Distrito Federal (Proamis/DF). O projeto é idealizado pela Secretaria Executiva de Valorização e Qualidade de Vida (Sequali), da Secretaria de Economia (Seec) e tem como objetivo a proteção à maternidade e à primeira infância.

De acordo com a secretária executiva da Sequali, Adriana Faria, o Proamis/DF marca um novo tempo de valorização e de qualidade de vida para as servidoras do GDF. “O programa traduz o que existe de mais avançado na promoção do bem-estar associado à melhor produtividade no trabalho, sem perder de vista a colaboração de todos pela atenção à primeira infância”, explicou a secretária executiva. “É preciso cuidar dos servidores porque, assim, nós estaremos cuidando da própria sociedade” ,acrescentou.

Como parte do programa, será inaugurado, em breve, o Berçário Institucional, no Anexo do Palácio do Buriti, com espaço para amamentação. O local poderá atender até 60 crianças, com idade entre seis e 24 meses incompletos

O Proamis/DF foi instituído no mês de junho de 2021 e, desde então, visando a atender os três eixos do programa: apoio à gestante, incentivo ao aleitamento materno e proteção à infância. A Egov oferta cursos e palestras para atender as necessidades do programa.

“Eu encontrei no Proamis/DF uma oportunidade maravilhosa e estou muito feliz por poder participar do programa”, disse a servidora e professora Caroline Betker, lotada no Centro Interescolar de Línguas (CIL) de Sobradinho da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEE-DF).

Caroline é casada há mais de cinco anos e explicou que está se programando para o momento da maternidade. Ela resolveu participar do curso para adquirir conhecimento e, principalmente, para perder o medo ser mãe.

“Eu quero aprender muito antes de passar pela experiência real, sou um pouco ansiosa, e aprender, antecipadamente, com certeza me ajudará emocionalmente. Nesse curso, aprendi muitas coisas que não sabia e já estou inscrita para a palestra de amamentação também”, afirmou Caroline.

Segundo a professora, a falta de informações corretas gera inseguranças. “As pessoas dão muitas opiniões e a gente acaba não sabendo o que é certo e quais são as orientações reais dos profissionais. Eu resolvi participar do ciclo de palestras porque realmente quero fazer do modo correto”, explicou.

Já a servidora da Egov Rafaela Salim, que é mãe de dois filhos, explicou que optou por fazer o curso sobre a importância da primeira infância para adquirir novos conhecimentos. “Tenho dois filhos, um de três e outro de oito anos e é normal que surjam diferentes dúvidas e inseguranças, as quais eu não entendo. Eu percebi, fazendo o curso, que existem pontos de vistas bem diferentes do que eu imaginava”, comentou Salim.

De acordo com a servidora, o curso proporciona embasamentos teóricos e práticos que devem ser aplicados no cotidiano. “Não existe um manual de como ser mãe, mas, com a ajuda dos instrutores, nós vamos discutindo, analisando e aprendendo com os ensinamentos adquiridos pelos estudiosos da área, que nos fornece uma luz e um caminho a ser seguido. Estou gostando muito e já estou aplicando os ensinamentos no meu dia a dia”, concluiu.

Berçário Institucional

Como as vagas são limitadas, o processo de seleção usará a participação nos cursos e palestras como critério de pontuação

Como parte do programa, será inaugurado, em breve, o Berçário Institucional, no Anexo do Palácio do Buriti, com espaço para amamentação. O local poderá atender até 60 crianças, com idade entre seis e 24 meses incompletos.

O Berçário Institucional atenderá aos filhos das servidoras, após a licença-maternidade. As servidoras que ainda almejam uma vaga no berçário precisam se cadastrar no Proamis/DF e realizar os cursos e palestras que acontecerão, ao logo de todo o semestre.

Como as vagas são limitadas, o processo de seleção usará a participação nos cursos e palestras como critério de pontuação. As servidoras que participarem dessas ações obterão pontuação que poderá ser utilizada para fins de ingresso do dependente no Berçário Institucional e terão caráter pedagógico e instrutivo.

Como participar do Proamis?

Os cursos e palestras são gratuitos e destinados às servidoras da Administração Direta do Governo do Distrito Federal. As inscrições para a terceira turma do curso A importância da primeira infância e para as demais palestras podem ser realizadas clicando no link a seguir: http://www.proamis.df.gov.br/cursos.html#

Todas as servidoras mães, gestantes ou que planejam a maternidade podem participar das atividades.

Mais informações no site do Proamis/DF.

* Com informações da Egov