24/9/21 18:06
Atualizado em 25/9/21 às 12:18

Apreendidos mais de mil produtos em situação irregular

Operação ocorreu em loja de suplementos de Águas Claras

A Diretoria de Vigilância Sanitária (Divisa) da Secretaria de Saúde apreendeu mais de mil medicamentos irregulares que seriam vendidos em uma loja de suplementos em Águas Claras. Os auditores do órgão foram até o local após receberem uma denúncia de venda irregular.

Segundo o denunciante, ao buscar o estabelecimento para uma pesquisa de preço de suplementos, foram oferecidos outros produtos que não possuíam autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com a Divisa, os produtos eram importados e não tinham autorização da Anvisa para venda | Foto: Divulgação

Assim que os servidores chegaram, os responsáveis pelo estabelecimento tentaram impedir a ação da vigilância, que prosseguiu com o apoio da Polícia Militar.

De acordo com a Divisa, os produtos eram importados e não tinham autorização da Anvisa para venda. Além disso, foram encontrados itens vencidos e outros medicamentos que só poderiam ser vendidos em farmácias.

“Nessa ação, contamos com a participação de três profissionais da Divisa e também com o reforço da polícia. Os produtos foram levados para a delegacia para lavrar o auto de apreensão e a ocorrência policial”, explica o auditor da Divisa Teodorico Moura.

A loja foi autuada, tendo sido aberto processo administrativo para julgamento e aplicação de penalidades. A empresa ainda tem direito à defesa. A multa inicial é de R$ 2 mil.

Denúncias

As ações de fiscalização da Divisa ocorrem de maneira rotineira e também para atendimento de denúncias, que podem ser realizadas pelo site da Ouvidoria do GDF ou pelo telefone 160.

A Divisa atua na fiscalização de estabelecimentos de serviços nas áreas de alimentos, saúde, saneamento e medicamentos. São analisadas as condições de higiene dos ambientes, validade dos produtos, temperatura, procedência, forma de manipulação, presença de profissionais habilitados, entre outros itens. São 22 núcleos de inspeção espalhados por todo o Distrito Federal.

*Com informações da Secretaria de Saúde