30/9/21 20:27
Atualizado em 30/9/21 às 20:33

Alambrado e fachada novos em feira de Taguatinga

Localizado na parte sul da Samdu, espaço ganha melhorias dentro do projeto do governo de modernização das áreas de comércio popular

“As reformas atendem às reivindicações dos feirantes e respondem pela revitalização e modernização do espaço”Bispo Renato Andrade, administrador regional de Taguatinga

São 100 metros de alambrados novos, uma mureta construída, quatro portões substituídos e novos telhados na área externa. A soma disso tudo é a reforma promovida pelo Governo do Distrito Federal (GDF) na lateral norte da Feira Central de Taguatinga, popularmente conhecida como feira dos importados.

Com 445 lojas e cerca de 95% de ocupação, a feira dos importados de Taguatinga é um dos mais tradicionais comércios populares da cidade | Fotos: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília

Inaugurado há 26 anos, o espaço comercial tem aproximadamente 5 mil metros quadrados de construção e 445 lojas, com cerca de 95% de ocupação. As obras de manutenção foram conduzidas pela Administração Regional de Taguatinga, em parceria com o GDF Presente e a associação dos feirantes. A primeira cedeu a mão de obra e alguns materiais, enquanto o segundo se encarregou de transportá-los e a terceira de custear outra parte dos investimentos.

Foram feitas a troca parcial do telhado lateral, a construção de uma mureta de proteção para evitar que, com as chuvas, a água chegue aos boxes, e a recuperação da placa da feira, que termina nesta sexta-feira (30). A previsão é que já na próxima semana comece a pintura de toda parte recuperada.

“As reformas atendem às reivindicações dos feirantes e respondem pela revitalização e modernização do espaço”, explica o administrador regional de Taguatinga, Bispo Renato Andrade.

Quem tem boxe na feira está satisfeito com as melhorias, garante o presidente da Associação da Feira dos Importados de Taguatinga, Orlando Passos. Há 20 anos no espaço e proprietário de duas lojas de óculos, ele aposta no aumento de vendas e na atração do público com as melhorias realizadas. “Se o ambiente é mais confortável, as pessoas se sentem mais à vontade para frequentar”, acredita ele.

Para o coordenador do Polo Oeste do GDF Presente, Elton Walcacer, a recuperação da feira dos importados é importante, pois se trata de um espaço com um grande fluxo de visitantes, gerador de centenas de empregos. “E, com a construção do túnel de Taguatinga, que está em andamento, precisa melhorar essa estrutura para modernizá-la e atender melhor seus usuários”, afirma.