Fale com o Governo Ações em Destaques

22/12/21 às 19:26

Aberta licitação para obra de contenção no Rio Melchior

Investimento será de aproximadamente R$ 2,5 milhões; serviços devem beneficiar cerca de mil pessoas que moram na região

Agência Brasília* I Edição: Débora Cronemberger

R$ 2,5 milhões investimento previsto na obra de contenção, taludes e canal da ponte sobre o Rio Melchior

O Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) publicou, no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta terça-feira (21), o aviso de licitação da concorrência nº 004/2021, que vai contratar a empresa que desenvolverá o projeto executivo e executará a obra de contenção, taludes e canal da ponte sobre o Rio Melchior, no trecho entre a DF-180 e a VC-311, em Ceilândia.

Na obra devem ser investidos aproximadamente R$ 2,5 milhões. A abertura dos envelopes com as propostas das empresas participantes será no dia 20 de janeiro de 2022, às 10h, na sede do departamento.

A etapa seguinte marcará a abertura das propostas de preço, que serão analisadas pela Comissão Julgadora Permanente (CJP) e, posteriormente, haverá a divulgação das empresas que estarão habilitadas a participar da concorrência, seguido pela escolha da companhia vencedora do certame.

A fase final será a assinatura do contrato e, na sequência, a assinatura da ordem de serviço, para início imediato dos trabalhos. Todo esse trâmite leva aproximadamente 60 dias. Iniciados os serviços, a previsão de execução da obra é de 90 dias. Quando concluído, os serviços devem beneficiar aproximadamente mil pessoas que moram na região.

Obras anteriores

Em março de 2020, o DER-DF executou o trabalho de recuperação do encabeçamento da ponte sobre o Rio Melchior, na VC-311, no Sol Nascente. A passagem foi invadida por uma grande quantidade de terra devido às fortes chuvas. O local permaneceu interditado totalmente à passagem de veículos e pedestres, por cerca de duas semanas, para execução dos serviços.

Os servidores do DER-DF iniciaram a obra por administração direta logo após o ocorrido, executando a remoção do local danificado e a aplicação de novo aterro com pedra para garantir a estabilidade da passagem, que mede aproximadamente 20 metros.

*Com informações do DER-DF

 

Últimas Notícias