10/1/22 19:24
Atualizado em 10/1/22 às 19:24

Postos fazem mais de 5 mil testes de covid em uma semana

Unidades do aeroporto, rodoviária e UBSs 1 (Asa Sul) e 2 (Asa Norte) atenderam 2,7 vezes mais que a semana anterior. Taxa de positivos foi de 19,33%

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal registrou um total de 5.166 testes de covid-19 realizados na semana de 3 a 7 de janeiro, nos quatro postos de ampla testagem, localizados no Aeroporto Internacional de Brasília, na Rodoviária do Plano Piloto, nas unidades básicas de saúde (UBSs) 1 da Asa Sul, na 612 Sul, e 2 da Asa Norte, na 114/115 Norte.

Somente a UBS 1 da Asa Sul realizou, entre 3 e 7 de janeiro, 2.044 testes, média superior a 400 por dia | Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

No período, o número de testes realizados foi 2,7 vezes maior do que o da semana anterior, 27 a 31 de dezembro, quando foram feitas 1.889 testagens. Na semana passada, só a UBS 1 da Asa Sul realizou 2.044 testes, média superior a 400 por dia. Os números não incluem os dados enviados pela rede privada nem pelas demais unidades da Secretaria de Saúde.

Os quatro pontos para ampla testagem funcionam das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira, e atendem toda a população do Distrito Federal, independentemente do local de residência. Os testes são recomendados para quem apresenta sintomas da covid-19 ou teve contato com alguém infectado.

Números no DF

O número de resultados positivos nos postos de ampla testagem também aumentou. Ao todo, foram 999 testes que detectaram a presença do coronavírus Sars-CoV-2, cerca de 19,33% do total testado entre 3 e 7 de janeiro. Na semana anterior, foram 171 positivos, pouco mais de 9% do total do período.

Em todo o DF, a taxa de transmissibilidade da covid-19, o chamado índice RT, chegou a 2,01. Dos 55 leitos de UTI covid da rede pública, 21 estão ocupados. Dos 45 leitos de UCI covid, a ocupação é de 23. E dos 97 leitos de enfermaria da rede pública específicos para tratamento da doença, 32 estão ocupados. Na rede privada, dos 121 leitos de UTI, 62 estão ocupados.

*Com informações da Secretaria de Saúde do DF