Fale com o Governo Ações em Destaques

10/2/22 às 20:02

Ação em restaurantes comunitários incentiva consumo de leguminosas

Unidades serviram salada de grão-de-bico com abobrinha para degustação especial em comemoração ao Dia Mundial das Leguminosas

Agência Brasília* | Edição: Saulo Moreno

As saladas de grão-de-bico com abobrinha, ricas em proteínas, ferro, fibras, vitaminas e minerais, reforçam a importância dos alimentos na prevenção de doenças | Fotos: Divulgação/Sedes
“A ação teve como foco o incentivo ao consumo de leguminosas com a intenção de também garantir autonomia aos usuários que, ao conhecer melhor os alimentos, podem fazer escolhas saudáveis na hora de comprar produtos para as suas famílias”, reforça a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha

Combater a insegurança alimentar e nutricional por meio do incentivo do consumo de leguminosas. Essa é a proposta de uma ação educativa promovida durante toda esta semana nos 14 restaurantes comunitários do Distrito Federal para ensinar aos usuários a importância desse alimento que previne doenças e é rico em proteínas, ferro, fibras, vitaminas e minerais.

Cada uma das unidades produziu um mural destacando o que são as leguminosas, os benefícios nutricionais, além de compartilhar receitas e veicular um vídeo explicativo sobre o tema. Nessa quarta-feira (10), Dia Mundial das Leguminosas, o cardápio dos restaurantes comunitários gerenciados pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) também contou uma degustação especial de salada de grão-de-bico com abobrinha.

“A ação de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) da Sedes deste mês teve como foco o incentivo ao consumo de leguminosas com a intenção de também garantir autonomia aos usuários que, ao conhecer melhor os alimentos, podem fazer escolhas saudáveis na hora de comprar produtos para as suas famílias”, reforça a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha.

Os restaurantes comunitários produziram murais compartilhando receitas e veicularam um vídeo explicativo sobre a importância do consumo de leguminosas

Todo material veiculado nas unidades também reforça a importância das leguminosas para o desenvolvimento sustentável, pois o plantio desses alimentos é barato, gera menos desperdício, dura muito tempo e de fácil cultivo, além de enriquecer o solo.

“As leguminosas não se resumem ao feijão, já incluído na alimentação do brasileiro. Temos a lentilha, a ervilha, o grão-de-bico, a soja. As leguminosas são alimentos sustentáveis, acessíveis para as famílias em vulnerabilidade social e protegem a saúde como um todo, reduzem problemas de coração, combatem a deficiência de ferro e ajudam no controle do peso corporal, entre outros benefícios”, explica a diretora de Equipamentos de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedes, Dolores Ferreira.

Restaurantes comunitários

O Distrito Federal tem 14 restaurantes comunitários, que oferecem  refeições ao custo de R$ 1, das 11h às 14h. Em projeto de expansão, as unidades de Brazlândia, Paranoá, Sol Nascente, Samambaia, Estrutural, São Sebastião e Ceilândia também servem o café da manhã, das 7h às 8h30, por R$ 0,50. Em 2021, foram servidas 7.760.665 refeições, sendo que 99.992 foram ofertadas gratuitamente para pessoas em situação de rua.

O serviço de segurança alimentar e nutricional do DF garante, principalmente, aos trabalhadores de baixa renda e à população em situação de vulnerabilidade social, acesso à alimentação adequada, sempre respeitando as características culturais e hábitos alimentares da região. Todas as refeições servidas são elaboradas por funcionários da empresa contratada, contando com planejamento e monitoramento de uma equipe da Sedes para assegurar uma alimentação balanceada.

*Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Social do DF

Últimas Notícias