Fale com o Governo Ações em Destaques

16/2/22 às 19:42

Sexta edição da Cidade da Segurança Pública chega a Santa Maria

Moradores poderão acessar serviços até sábado (19); ações de policiamento seguem até domingo (20)

Agência Brasília* I Edição: Débora Cronemberger

Santa Maria vai receber, a partir desta quinta-feira (17), a sexta edição da Cidade da Segurança Pública (CSP), um dos principais projetos do DF Mais Seguro, programa norteador de ações da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF). O evento faz parte da programação do 29º aniversário da região administrativa, comemorado neste mês.

O lançamento da CSP será às 11h, no Ginásio Poliesportivo, local que irá concentrar grande parte das ações, com a presença dos chefes e gestores da segurança pública do DF, entre outras autoridades do governo. A prestação de serviços ao público segue até sábado (19) e as ações de policiamento e fiscalização serão realizadas na cidade até domingo (20).

A última edição da Cidade da Segurança Pública foi realizada em São Sebastião, em dezembro; nesta quinta (16) a sexta edição do evento começa em Santa Maria | Foto: Divulgação/SSP-DF

A CSP contará com a participação ativa e integrada das forças de segurança – polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e Detran-DF – e demais órgãos e instituições parceiras, como a Secretaria de Segurança Pública de Goiás, da Secretaria de Administração Penitenciária, com a fiscalização de apenados, do Departamento de Estradas de Rodagem e da Polícia Rodoviária Federal, atuando em ações de fiscalização de trânsito.

“Durante a realização das edições anteriores, não registramos crimes contra a vida nas regiões e, ainda, tivemos a redução de cerca de 40% das demais incidências criminais”, afirma o secretário Júlio Danilo

Esta edição contará, ainda, com atuação das secretarias da Mulher, de Saúde, de Desenvolvimento Social, do Trabalho, de Justiça e DF Legal; do Banco de Brasília, Defesa Civil, Serviço de Limpeza Urbana, Caesb, Administração Regional do Gama e Neoenergia BSB.

“Desde a última edição, realizada em dezembro, em São Sebastião, aproveitamos para rever os processos internos do projeto e avaliar resultados para que as reduções criminais continuem. A CSP é, sem dúvida, uma das grandes apostas para isso. Em 2021 tivemos o menor índice de homicídios dos últimos 45 anos e nosso objetivo é que, este ano, a redução permaneça”, explica o secretário de Segurança Pública do DF, Júlio Danilo.

“Durante a realização das edições anteriores, não registramos crimes contra a vida nas regiões e, ainda, tivemos a redução de cerca de 40% das demais incidências criminais. O que comprova a eficiência deste projeto, que, com apoio do governador Ibaneis Rocha, nos possibilita trabalhar cada área de forma individualizada”, completa.

Imagem: Divulgação/SSP-DF

Escolha da região

Para definir a região de realização da CSP, alguns fatores são analisados. Entre eles, a estrutura das forças de segurança locais, levantamentos e análises criminais realizadas pelos setores de estatística e inteligência e a identificação de desordens, que verificam situações como mato alto e falta de iluminação, que incidem diretamente na sensação de segurança da população local.

Assim como foi feito em edições anteriores, a administradora regional de Santa Maria, Marileide Romão, receberá um relatório com todas as desordens, que poderá contribuir com a segurança, segundo o secretário, mesmo após a finalização da CSP.

“Esse evento está sendo realizado no mês de aniversário de nossa cidade e está sendo mais marcante ainda. Os serviços e reforço do policiamento serão de extrema importância para nossa Santa Maria e região”, comemora Marileide.

Como parte da programação da CSP, está prevista a realização da operação DF Livre de Carcaças, que completará dois anos esta semana. A operação Quinto Mandamento, que ocorre todo final de semana, sempre de sexta a domingo em duas regiões administrativas diferentes por dia, ocorrerá exclusivamente em Santa Maria, de sexta-feira (18) a domingo (20).

Durante a CSP, seguindo protocolos de segurança sanitária, serão realizadas ações voltadas para o atendimento ao público, como emissão de carteiras de identidade, visitas ao Museu de Drogas da PCDF e palestra com orientações de primeiros-socorros, entre outros temas.

Também serão realizadas orientações do programa de Prevenção Orientado à Violência Doméstica e Familiar (Provid), da Polícia Militar do DF, além de oferta de serviços pelos demais parceiros, como emissão de conta de luz, orientações sobre carteira de motorista e orientações sobre enfrentamento da violência doméstica.

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública

Últimas Notícias