Fale com o Governo Ações em Destaques

18/3/22 às 20:01

Vitória! Cadela resgatada é exemplo de superação no Hvep

Após vencer grandes desafios, pet continua em acompanhamento na unidade veterinária

Agência Brasília* | Edição: Saulo Moreno

“Assim que ela chegou, cogitamos a amputação, mas, felizmente, não foi necessário. Fizemos duas cirurgias e conseguimos reverter o quadro. Após dois meses, ela se recuperou muito bem, foi encaminhada para a quimioterapia e seguimos acompanhando o caso” - Iamylle do Carmo e Silva, veterinária

O Serviço Veterinário Público (Hvep), sob gestão do Instituto Brasília Ambiental, é responsável por oferecer um atendimento fundamental aos cães e gatos do Distrito Federal, especialmente às famílias que não podem arcar com tratamentos de custo alto. Esse é o caso dos tutores da Vitória, cadela resgatada que enfrentou muitos desafios e, hoje, faz acompanhamento de um tumor venéreo na unidade veterinária.

A costureira Maria Helena Nunes, 51 anos, foi quem salvou a vida da Vitória ao encontrá-la, em 15 de junho do ano passado, num posto de gasolina da BR-251. “Estava passando por lá com o meu marido e não consegui deixá-la. Nunca tinha lidado com um animal tão machucado, não tinha noção da situação dela e contei com ajuda de uma amiga, rifas e doações para os primeiros cuidados”, conta.

Resgatada em um posto na BR-251, Vitória está em tratamento no Hvep e já superou diversos problemas desde o início dos cuidados que passou a receber da costureira Maria Helena Nunes | Fotos: Divulgação / Brasília Ambiental

Apesar das fraturas aparentes pelo corpo e duas patas quebradas, logo surgiu o diagnóstico ainda mais complicado. Vitória está com um Tumor Transmissível Venéreo (TVT), que é disseminado durante contato sexual, brigas e interações com animais portadores da doença. “Ela passou por vários procedimentos cirúrgicos, colocou pinos e placas, além de enfrentar quatro sessões de quimioterapia para tratar o TVT”, lembra Maria Helena.

Em 2021, o Hvep realizou 210.225 atendimentos, sendo divididos em 54.662 administrações de medicamentos, 2.834 cirurgias, 19.460 consultas, 14.030 retornos, 23.393 exames de imagem e 95.846 exames laboratoriais

A tutora, moradora da área rural Café sem Troco, no Paranoá, ainda reforça que, mesmo com a dificuldade financeira, faz questão de sempre levar a cadela ao Hvep para avaliação. “Assim que ela chegou, cogitamos a amputação, mas, felizmente, não foi necessário. Fizemos duas cirurgias e conseguimos reverter o quadro. Após dois meses, ela se recuperou muito bem, foi encaminhada para a quimioterapia e seguimos acompanhando o caso”, relata a veterinária Iamylle do Carmo e Silva.

Além de prevenir o avanço do tumor, a profissional alerta que, em casos como o da Vitória, é importante ter um profissional de confiança para acompanhar o surgimento de novos problemas de saúde, principalmente considerando o estado grave em que a cadela esteve.

Atendimentos

O Hvep oferece serviços gratuitos para cães e gatos, sobretudo a famílias de baixa renda ou inscritas em programas sociais do Governo do Distrito Federal (GDF). Em 2021, a unidade realizou 210.225 atendimentos, sendo divididos em 54.662 administrações de medicamentos, 2.834 cirurgias, 19.460 consultas, 14.030 retornos, 23.393 exames de imagem e 95.846 exames laboratoriais.

Agendamento de consultas para as clínicas médica, clínica cirúrgica e ortopedia pode ser realizado pelo Agenda DF. Os atendimentos emergenciais dispensam marcação e acontecem de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 15h.

*Com informações do Brasília Ambiental

Últimas Notícias