Fale com o Governo Ações em Destaques

5/5/22 às 19:17

Rede de drenagem e bacia de detenção integram Túnel de Taguatinga

Sistema, com capacidade de 4.696,09 m³, será instalado abaixo da Feira dos Importados, próximo ao córrego de Taguatinga

Adriana Izel, da Agência Brasília | Edição: Carolina Lobo

Pela grande magnitude, a obra do Túnel de Taguatinga tem uma série de etapas. Entre elas, a criação da drenagem. O serviço consiste na construção de uma nova rede e de uma bacia de detenção para controlar o volume de água pluvial.

“A parte de drenagem é para absorver toda a água pluvial do Túnel de Taguatinga. A bacia permanece seca na maior parte do ano. Recebe aporte de água somente no período de chuva e libera o volume de água lentamente no córrego, evitando inundações”, explica o subsecretário de Acompanhamento e Fiscalização de Obras, Ricardo Terenzi.

Projeto da bacia de detenção. Os trabalhos estão previstos para meados de junho, com a escavação da bacia | Foto: Secretaria de Obras

O sistema será instalado abaixo da Feira dos Importados, próximo ao córrego de Taguatinga. A capacidade será de 4.696,09 m³, com 2070,80 m³ de volume de terraplanagem. Serão construídos dois dispositivos de chegada e saída e uma rampa de acesso. Também serão executados o gabião (estrutura armada) e o talude de corte.

A construção do sistema de drenagem tem papel fundamental na construção do Túnel de Taguatinga. “A obra de drenagem é essencial para garantir o funcionamento e a segurança do túnel, principalmente durante o período chuvoso. Os usuários da via irão trafegar com a segurança de existir ali um sistema de drenagem condizente com a grande obra que é o túnel”, declara o secretário de Obras, Luciano Carvalho.

Serviços

Os trabalhos estão previstos para serem iniciados em meados de junho, com a escavação da bacia. A obra do Túnel de Taguatinga está sendo feita pelo Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Obras e do consórcio de empresas contratadas intitulado Novo Túnel.

Considerada a maior obra viária urbana em execução no país, conta com 70% das obras já executadas, com trabalho de cerca de 400 operários. A construção vai beneficiar mais de 130 mil motoristas.

Últimas Notícias