Fale com o Governo Ações em Destaques

6/7/22 às 16:42

Oficina sobre acesso à moeda social é adiada

Evento discutirá a regularização de áreas por meio de serviços à comunidade. Nova data será divulgada pela Secretaria de Justiça e Cidadania

Agência Brasília* | Edição: Claudio Fernandes

Em razão da alta procura para participação na oficina de capacitação para elaboração de planos de trabalho relativos ao acesso à moeda social, que seria realizada nesta quinta-feira (7), no Palácio do Buriti, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) decidiu adiar o evento. A nova data da oficina, realizada com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), será divulgada posteriormente.

Com a moeda social, templos religiosos e entidades sem fins lucrativos que ocupam área pública podem oferecer serviços gratuitos à comunidade e, assim, regularizar os terrenos que ocupam. Por meio dessa negociação, as instituições prestam, de forma contínua, serviços a grupos vulneráveis em troca da ocupação da unidade imobiliária.

“A oficina visa facilitar os trabalhos e processos em favor da garantia à liberdade religiosa. Estamos felizes que a comunidade tenha se interessado em participar da atividade de capacitação. Isso significa que o trabalho da Sejus para difundir o respeito às religiões está dando certo”, comemora o secretário de Justiça e Cidadania, Jaime Santana.

A capacitação seguirá com inscrições abertas e será direcionada a representantes do segmento religioso, povos de terreiro ou segmentos de matriz afro-brasileira, mas também será aberta a denominações interessadas. Para se inscrever, basta se cadastrar enviando nome completo, nº de RG e telefone ao e-mail: coorelig@sejus.df.gov.br.

*Com informações da Secretaria de Justiça e Cidadania

Últimas Notícias