Fale com o Governo Ações em Destaques

7/10/22 às 19:42

Pacientes recebem “abraço” de Acolhimento Pré-Cirúrgico da Mastologia

Iniciativa do Hospital de Base, no contexto do Outubro Rosa, teve o objetivo de tirar as dúvidas das mulheres que fazem tratamento de câncer de mama

Agência Brasília* | Edição: Saulo Moreno

O Hospital de Base realizou o I Acolhimento Pré-Cirúrgico da Mastologia. O evento, que faz parte da programação do Outubro Rosa do IgesDF e tem como objetivo fazer com que as pacientes se sintam abraçadas por toda a equipe do Hospital de Base, contou com a participação de uma equipe multidisciplinar de profissionais, que esclareceram inúmeras dúvidas das pacientes em tratamento de câncer de mama.

“Promover esse preparo prévio previne várias situações de insegurança e medo que acometem pessoas que estão com a saúde fragilizada” Mariela Souza de Jesus, presidente do IgesDF

A diretora de Inovação, Ensino e Pesquisa (Diep) do IgesDF, Emanuela Ferraz, destacou a importância do evento, realizado nesta quinta-feira (6), no contexto do Outubro Rosa. “Vocês serão muito bem acolhidas aqui no Hospital de Base. Faremos o possível não apenas para tratar, mas também para diminuir a dor de vocês”, afirmou.

Gislene Neves, enfermeira da Mastologia do Hospital de Base, falou sobre os cuidados a serem tomados antes das cirurgias e também no processo pós-operatório. Em seguida, a assistente social Simone de Almeida esclareceu dúvidas sobre direitos previdenciários. Já a fisioterapeuta especializada em Oncologia Kalleria Valeska destacou a importância da prática de atividades físicas para prevenção e recuperação de doenças, além dos exercícios corretos no processo pós-cirúrgico, feitos de forma segura.

O I Acolhimento Pré-Cirúrgico da Mastologia teve o apoio da Gerência Multiprofissional do Hospital de Base e da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Mama de Brasília | Foto: Alessandro Praciano / IgesDF

A nutricionista Daiana Constância ressaltou o papel da alimentação saudável no processo pós-cirúrgico. A psicóloga Bruna Lorrane falou sobre a dificuldade em receber o diagnóstico de um câncer, a importância de cuidar do estado emocional ao longo do tratamento e também de buscar informações e orientações junto à equipe médica.

O gerente de Medicina Cirúrgica do Hospital de Base, o médico Marco Antônio Magalhães, também participou do evento e destacou o acolhimento da equipe. “Estamos aqui, dia e noite, o ano inteiro, de braços abertos para receber e estar ao lado de vocês”, finalizou.

Por último, duas pacientes deram testemunhos emocionantes e motivacionais sobre o tratamento e a luta contra o câncer. “Amanhã vocês estarão aqui no meu lugar, dando o testemunho de que o câncer não é o final da nossa história, é a mudança de nossas vidas”, afirmou uma delas.

A presidente do IgesDF, Mariela Souza de Jesus, ressaltou a importância de ações como esta, que zelem não apenas pela saúde e integridade física dos pacientes, mas também emocional. “Promover esse preparo prévio previne várias situações de insegurança e medo que acometem pessoas que estão com a saúde fragilizada”, disse.

O encontro teve o apoio da Gerência Multiprofissional do Hospital de Base e da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Mama de Brasília, uma das instituições voluntárias que atua na unidade.

*Com informações do IgesDF

Últimas Notícias